Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

segunda-feira, 7 de abril de 2014

MECANISMO DE ANTIQUITERA: UM COMPUTADOR A 1500 ANOS ANTES DO SEU TEMPO

Raios-X e fotografia avançada descobriram a verdadeira complexidade do misterioso mecanismo de Antiquitera, um dispositivo tão surpreendente que a sua descoberta é como encontrar um carro na Europa medieval. Em 1900, mergulhadores encontraram os destroços de um navio romano perto da ilha grega de Antiquitera. Entre os outros tesouros os mergulhadores descobriram algo impressionante, apesar de corroído. Análises revelaram tratar-se de uma máquina danificada, cujo propósito era desconhecido, com algumas engrenagens grandes e pequenas, além de algumas palavras gravadas em grego. Os primeiros estudos sugeriram que era algum tipo de dispositivo para cálculos de astronomia. A função do mecanismo de Antiquitera permaneceu oculta até que estudos recentes submeterem a máquina a técnicas de imagem mais avançadas. Inicialmente, o dispositivo foi fotografado através de uma técnica em que as superfícies são expostas a diferentes padrões de iluminação. Tal técnica permitiu criar diferentes níveis de contraste que possibilitaram aos pesquisadores ler muito mais do que o texto grego inscrito. Seguidamente, imagens de raios-x foram usadas para criar modelos de computador completos em 3D do mecanismo, revelando pela primeira vez algumas das interações complexas e detalhadas do dispositivo. Segundo o artigo publicado na revista Nature, os dispositivos com este nível de complexidade não foram durante quase 1.500 anos, e o mecanismo de Antiquitera realmente supera alguns projetos posteriores. Usando nada além de um engenhoso sistema de engrenagens, o mecanismo construído por volta de 150 AC podia ser utilizado para prever o mês, dia e hora de um eclipse, e até representar os anos bissextos. De igual forma, podia também prever as posições do sol e da lua em relação ao Zodíaco, e tinha até engrenagens que permitiam mostrar a fase da lua numa determinada data. É possível que o mecanismo também pudesse mostrar as posições astronómicas dos planetas conhecidos dos antigos: Mercúrio, Vénus, Marte, Júpiter e Saturno. O mecanismo de Antiquitera não era apenas uma ferramenta científica – também tinha um propósito social. Os gregos realizavam grandes competições desportivas (como as Olimpíadas) a cada dois ou quatro anos, e o computador analógico calculava a data desses eventos. O mistério de quem construiu o mecanismo permanece ainda hoje. Ele tem sido associado ao antigo inventor conhecido como Arquimedes pelos escritos de Cícero, mas este dispositivo em particular foi construído após a sua morte. Ainda assim, as palavras gravadas reveladas pelas novas fotos identificam a origem do dispositivo como sendo Corinto. De acordo com o artigo, os pesquisadores acham que o mecanismo de Antiquitera é baseado num projeto de Arquimedes. A complexidade do mecanismo mostra que os antigos humanos eram capazes de façanhas intelectuais e de engenharia que surpreendem as nossas mentes modernas. FONTE:io9

Nenhum comentário: