Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

domingo, 13 de dezembro de 2015

A MAIOR MOSCA DO MUNDO PODE ENFRENTAR 2 NOVOS DESAFIANTES

A maior mosca conhecida do mundo é a Gauromydas heros. Normalmente possui seis centímetros desde a ponta do abdômen até a ponta da cabeça, mas já foram registrados indivíduos com até sete centímetros de comprimento. Para você ter uma ideia do que isso significa, as moscas comuns medem apenas 0,5 cm. Até agora, a G. heros basicamente não tinha bons concorrentes, mas uma nova pesquisa brasileira descobriu dois novos desafiantes para o pódio acumulando poeira em armários de museus.

G. mateus e G. papaveroi

Os cientistas identificaram G. mateus e G. papaveroi a partir de 14 espécimes esquecidas em coleções no Brasil, na França e na Costa Rica, que remontam à década de 1930. Estas amostras são as únicas conhecidas das duas novas espécies, de acordo com a principal cientista do estudo, Julia Calhau, da Universidade de São Paulo. Com comprimentos de corpo de até 4,3 centímetros e uma envergadura de até 9 centímetros, as moscas são bastante grandes para o padrão da sua ordem animal, mas Julia acredita que possam existir exemplares maiores – estes precisariam ser encontrados em museus ou em seu habitat selvagem na América do Sul e Central. “A gama de tamanho de G. heros é grande e as duas novas espécies podem variar drasticamente em comprimento também”, disse a pesquisadora.

Espécies elusivas

Enquanto os espécimes de museu foram rotulados com locais de captura na Argentina, Brasil e Costa Rica, rastrear seus descendentes vivos será um grande desafio. Nada se sabe sobre a vida de G. mateus e G. papaveroi, e até mesmo as moscas Gauromydas conhecidas são bem pouco descritas. Torsten Dikow, entomologista do Museu Nacional do Instituto Smithsonian de História Natural em Washington, nos EUA, é um especialista na família à qual pertencem estes insetos gigantes, mas ele mesmo nunca pôs os olhos em uma Gauromydas viva. “Sabemos muito pouco sobre sua biologia, porque são tão raramente observadas”, explica. Uma das coisas que complica seu estudo é que pode ser que os adultos só sejam ativos por um período muito curto do ano. Além disso, como esses insetos imitam a aparência e comportamento de vespas perigosas como a vespa-tarântula-falcão, podem assustar os cientistas. Enquanto moscas Gauromydas são bastante inofensivas, essa estratégia para espantar predadores pode funcionar para espantar entomologistas também, que certamente não querem acabar picados por um monstruoso marimbondo.

Em busca de informações

Muito do que sabemos sobre essas moscas é graças ao trabalho de um pesquisador que conseguiu localizar locais de reprodução de G. heros no sudeste do Brasil na década de 1940. Os cientistas observaram que os insetos acasalam perto de formigueiros, nos quais colocam seus ovos. As larvas da mosca se alimentam de larvas de besouro que por sua vez se alimentam de resíduos nos formigueiros. Quanto aos adultos, provavelmente se alimentam de néctar, já que desenvolveram peças bucais para tanto, e já foram vistos visitando flores. O mesmo pode ser verdade para as espécies recém-descobertas. Por enquanto, temos mais dúvidas do que respostas. Só ó tempo dirá se G. mateus e G. papaveroi vão tirar o título de maior mosca da G. heros. fonte: http://news.nationalgeographic.com/2015/12/151210-biggest-animals-science-insects-flies-new-species/

Nenhum comentário: