Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

segunda-feira, 30 de junho de 2014

CONHEÇA OS METAIS MAIS RAROS DA TERRA CLASSIFICADOS EM UMA "LISTA DE RISCOS"

Metais mais raros da Terra classificados em uma “lista de riscos”
Os “metais de tecnologia”, como o índio e o nióbio, são extraídos e utilizados em diversos dispositivos digitais modernos e em tecnologias verdes. Por esse motivo, eles são cada vez mais demandados pelas indústrias ao redor do globo. Mas o resultado da extração desenfreada desses recursos naturais pode se tornar o desaparecimento deles em nosso planeta. Uma lista feita por um centro de pesquisas geológicas britânico – o British Geological Survey (BGS) – mostra os riscos de fornecimento de alguns dos elementos mais raros da Terra. A lista destaca 52 elementos com maior risco de desaparecimento, ou que pelo menos não poderão continuar abastecendo a indústria no mesmo ritmo da atualidade. A lista inclui informações sobre a abundância de cada metal, a distribuição de seus depósitos e a estabilidade política do país em que é encontrado, classificando esses elementos altamente desejados em uma escala de mais ou menos propensos a “extinção”. Geopolítica, nacionalismo de recursos, acidentes e a demora para descobrir outros recursos de extração eficientes são alguns dos fatores que ameaçam o fornecimento dos metais que as tecnologias atuais tanto necessitam. Um fator especialmente relevante na atualidade é o monopólio claro que alguns países têm sobre alguns dos metais. Por exemplo, 97% de todos os metais de terras raras, incluindo o neodímio e o escândio, são produzidos na China. O elemento mais ameaçado, o antimônio, é usado extensivamente para o fogo de prova, e também é extraído em território chinês. A China domina nada menos do que 50% da extração global de todos os elementos da lista de metais ameaçados. Uma das principais importâncias da lista é fazer com que os líderes governistas e indústrias entendam a necessidade de fontes alternativas de recursos na área da tecnologia. Apesar da China dominar a extração da maior parte dos elementos naturais, há muitos outros locais onde esses metais podem ser extraídos, como em depósitos geológicos no sul da África, Austrália, Brasil e nos EUA. A mineração nesses locais seria uma forma de retirar o monopólio dos atuais fornecedores. Hoje, os metais de tecnologia estão por todas as partes, sendo amplamente utilizados em dispositivos móveis, telas planas, turbinas eólicas, carros elétricos, baterias, celulares e muitas outras tecnologias. Os celulares são um caso a parte: cerca de um bilhão são fabricados todos os anos, e o volume de metais necessários é surpreendentemente amplo. Tanto que a Terra pode não responder a demanda por muito mais tempo. A reciclagem dos metais utilizados nesses telefones ainda é muito cara e consome muita energia, e por isso os fabricantes devem estar alertas e entenderem a necessidade da utilização de metais mais facilmente recicláveis. FONTE: http://www.bbc.co.uk/news/science-environment-14903904

CONHEÇO OS 8 FENÔMENOS CLIMÁTICOS RAROS QUE PARECE REAIS

Alguns fenômenos climáticos são tão bizarros e/ou raros que é muito difícil de imaginá-los. Sem presenciá-los, mal dá para acreditar que são reais. Mas são. Veja com seus próprios olhos: 1. Eventos luminosos transientes
Conhecidos pela sigla TLE, do inglês “transient luminous events”, eventos luminosos transientes são eletrometeoros caracterizados por emissões ópticas de curta duração e de luminosidade muito menor do que um relâmpago comum. Estes fenômenos ocorrem apenas na alta atmosfera da Terra, na borda do espaço. Eles são geralmente agrupados em: jets (os azuis), sprites (os vermelhos) e elves (os roxos). Na maior parte do tempo, os fenômenos (que no caso dos elves podem ter até 300 quilômetros de largura) duram menos de um segundo, o que faz com que as pessoas pensem que simplesmente imaginaram o flash de cor no céu. Eles podem, contudo, ser vistos a olho nu durante o dia. ASSISTA O VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=zlW1hkb2VHU 2. Brilho verde
Um brilho verde ou raio verde é um fenômeno óptico raro que geralmente ocorre ao nascer ou ao pôr-do-sol, quando uma pequena mancha verde fica visível por um curto período de tempo acima ou próxima do sol. A mancha geralmente dura apenas alguns segundos a cada vez. Esta ocorrência incrível é causada pela refração da luz na atmosfera. Devido a densidade do ar, a luz solar segue caminhos ligeiramente curvos, na mesma direção que a curvatura da Terra. Maiores frequências de luz (verde, azul) se curvam mais que as menores (laranja, vermelho), sendo que os tons mais quentes se obstruem. Brilhos verdes são reforçados pela inversão atmosférica, que aumenta a densidade gradiente e, por consequência, a refração luminosa. ASSISTA O VIDEO:https://www.youtube.com/watch?v=jYkwmW0rGrM 3. Relâmpago bola
Um raio ou relâmpago globular (popularmente conhecido como relâmpago bola) consiste numa descarga elétrica em forma circular. O fenômeno ainda não foi totalmente explicado pela ciência, mas sabe-se que tem certa estabilidade, geralmente dura apenas alguns segundos e seu tamanho pode variar entre alguns centímetros a um metro. Esse fenômeno extremamente raro só ocorre em circunstâncias ideais, e pode causar grandes danos (como queimar objetos próximos). ASSISTA O VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=fsu8IaaVsvk 4. Pilar de sol
Pilar de sol é um fenômeno óptico que ocorre quando o ar está extremamente gelado durante o nascer ou o pôr-do-sol. Cristais minúsculos de seis lados são formados em nuvens de grandes altitudes, caem para as camadas atmosféricas inferiores e a resistência do ar os alinha com o chão de tal maneira que a luz do sol reflete neles, criando um pilar surpreendente de luzes que se estende para o céu até que o sol finalmente se põe ou se move para fora da posição ideal. 5. Tornado de fogo
Tornados de fogo, também conhecidos como redemoinhos de fogo e demônios de fogo, são tornados induzidos pelo fogo e muitas vezes feitos de chamas. Eles ocorrem quando ar quente encontra ar turbulento. Felizmente, raramente se tornam grandes tornados, são incomuns e normalmente duram cerca de apenas 2 minutos. ASSISTA O VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=8igzgqOb4os 6. Halo
Halos se formam em torno do sol e são causados por cristais de gelo sendo refratados pelos raios solares na atmosfera superior. Muitas vezes, mais de um arco ou círculo cerca o sol, formando o que é chamado de “cachorro do sol”. Halos também podem se formar ao redor da lua, ou, em circunstâncias ideais, em estrelas e planetas como Vênus. 7. Miragem
Uma miragem ocorre quando a luz é “dobrada” para produzir uma imagem deslocada de um objeto (frequentemente corpos de água) distante, que muitas vezes parece estar flutuando um pouco acima do horizonte. O fenômeno é um tipo de ilusão de ótica, que normalmente aparece acima de superfícies quentes (daí a ligação entre miragens e desertos). Ao contrário de uma alucinação, a miragem realmente “existe” e pode ser capturada em câmera, embora seja um truque da luz e dos olhos. 8. Arco-íris lunar
Arco-íris lunar ou arco lunar é um arco-íris que ocorre por conta da refração da luz, assim como um arco-íris “normal” (que é formado pelo resultado de uma refração da luz do sol). Mas, no caso do lunar, ele é causado não pela luz direta do sol, mas sim por aquela que é refletida pela lua. Além disso, ele é mais difícil de se observar porque são necessárias algumas condições para se formar: a época mais favorável é na lua cheia, particularmente antes e depois da fase minguante, e se essa lua estiver em baixa altitude no céu. FONTE:http://www.earthporm.com/8-natural-weather-phenomena-wont-believe-real/

UROLOGISTA ALERTA PARA OS RISCOS DOS CÁLCULOS RENAIS

Em 20% dos casos de pedra no rim há risco de o paciente desenvolver insuficiência renal crônica. Desses pacientes, 5% podem evoluir para diálise, com perda dos rins em alguns casos. O alerta é dado pelo Centro de Referência em Saúde do Homem, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo administrada em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). Quem teve cálculos renais uma vez pode voltar a ter o problema novamente, destaca o texto publicado no portal da Secretaria de Estado da Saúde. Na maioria dos casos, 85% das pessoas conseguem expelir as pedras naturalmente pela urina. Mas nos casos graves, quando o paciente deixa de realizar o tratamento de forma adequada, alguns cálculos chegam a entupir os rins, causando a perda irreversível da função renal. As pedras podem comprometer o funcionamento do rim pela obstrução e infecção ou até mesmo em razão da complexidade da cirurgia para a retirada de determinados tipos de cálculos, explica o urologista Fábio Vicentini, do Hospital do Homem. "Pesquisas mundiais já mostraram que 10% da população poderá ter pedra nos rins. O tratamento adequado e a prevenção podem diminuir as chances do paciente evoluir para perda total da função renal", alerta. Para prevenir o aparecimento de cálculos nos rins, é primordial, segundo o especialista, aumentar a ingestão de líquidos, como água (cerca de dois litros ao dia) e sucos de frutas cítricas. A maneira mais fácil de monitorar a hidratação ideal do corpo é observar a coloração da urina, diz Vicentini. "Quanto mais transparente a urina estiver, melhor. A urina com aparência amarelada e escura dá sinais de que o corpo precisa de mais líquidos para manter-se hidratado e longe dos cálculos renais", diz o urologista. Também faz parte da precaução para evitar cálculos renais consumir diariamente verduras, legumes, frutas e saladas e diminuir a ingestão de sal nos alimentos. "Os frutos do mar, por exemplo, ainda contêm altas doses de ácido úrico, um dos responsáveis pelo desenvolvimento dos cálculos renais. É importante também considerar a redução de frituras e carne vermelha", sugere Vicentini. FONTE: http://zip.net/btnRtF

CRIATURA FILMADA NA COSTA DA AUSTRALIA

Vídeo postado no Youtube em 05 de outubro de 2012 que mostra o que seria um "bebe-sereia", "bebe-alienígena" ou até mesmo um "humanoide". O ser foi encontrado em uma praia do estado de Queensland, Austrália, e no vídeo podemos ver que ele está vivo, pois faz um esforço e levanta a cabeça. O rapaz que estava filmando informa que pegou a criatura e levou para o mar, revivendo-o. Se é real ou fake, não temos como saber, mas pelo menos ele não acabou em uma garrafa com formol. ASSISTA O VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=8VGB_gWWqdU Você acredita que este vídeo é autêntico ou não? Deixe sua opinião nos comentários. FONTE: http://www.assombrado.com.br/2013/07/criatura-filmada-na-costa-australiana.html#at_pco=smlwn-1.0&at_si=53b1e1730cdcd302&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

A FALTA DE VITAMINA D AUMENTA O RISCO DE MORTE PREMATURA

Uma análise recente descobriu que pessoas que possuem níveis baixos de vitamina D no sangue estão mais propensas a morrer mais cedo que as que têm níveis normais da vitamina. Estudos anteriores tinham sugerido uma associação entre níveis baixos dessa vitamina e um risco mais alto de câncer de mama e outros cânceres, além de doença arterial coronariana. Ainda não existe um consenso geral sobre o que constitui um nível ideal de vitamina D. Todavia, para realizar a análise atual, os pesquisadores reuniram dados de 32 estudos e descobriram que o risco de morte prematura quase dobrou para pessoas com nível inferior a 9 nanogramas por mililitro em comparação com as pessoas com nível acima de 50. Os níveis superiores a 50 não produziram benefícios extras. O estudo foi publicado online no periódico The American Journal of Public Health. Todos os estudos levaram em conta a idade e alguns incluíram outras variáveis, como índice de massa corporal, atividade física, raça, tabagismo, entre outras. Um dos estudos incluiu outros 17 fatores de risco e a associação entre níveis baixos de vitamina D e morte prematura persistiu. As pessoas devem tomar suplementos para aumentar os níveis de vitamina D do sangue? Para Cedric F. Garland, principal autor e professor de medicina preventiva e de família da Universidade da Califórnia, em San Diego, há poucos riscos em tomar suplementos de vitamina D, "desde que a pessoa mantenha os níveis inferiores a 200 nanogramas por mililitro de sangue". FONTES: The New York Times/ http://zip.net/bgnQzS

SAIBA O QUE É O 'POVO DAS SOMBRAS' E TIRE SUAS CONCLUSÕES

Imagine você deitado confortavelmente em sua cama, lendo o blog AssombradO.com.br em seu tablet, quando começa a bater aquele sono que faz seu olho querer fechar, mas você quer continuar a leitura e luta para manter ele aberto. Então você repara com o canto do olho um vulto negro. Você vira seu olhar para lá, mas não vê nada. Acha que é coisa de sua cabeça e começa a ler novamente, quando com o canto do olho vê novamente aquele ser negro, que agora se esquiva e atravessa a parede, sumindo. O susto é tão grande que o sono até vai embora. Você acabou de passar por uma experiência que milhares de pessoas ao redor do mundo relatam ter passado: um encontro com o povo das sombras. O povo das sombras - também conhecido como vultos, homem de preto, sombra negra, pessoas da sombra - estão em todos os locais. Com o advento da internet, milhares de pessoas começaram a relatar a mesma coisa: ver vultos negros. Características e Comportamentos do Povo das Sombras: Com milhares de relatos existentes, alguns comportamentos e características do povo das sombras foram identificados: - São seres com aparência humanoide - Alguns usam chapéu, outros uma capa comprida, outros nada. - Bastante escuros, negros. Descritos como mais negros que a escuridão - Alguns relatam que conseguem distinguir os olhos, que podem ser brancos, negros, vermelhos... - Geralmente não atacam e quando são detectados fogem - Os que se deixam ser vistos, ou ficam parados te olhando ou mais aterrorizantemente, ficam sobre você na cama, enquanto você está paralisado! - São de natureza malévola para muitos estudiosos Abaixo, as duas formas mais comuns avistadas, Hooded Figure (Figura Encapuzada) e o Hat Man (Homem de Chapéu).
Centenas de pessoas ao redor do mundo estão vendo seres negros como os dessa imagem Como Ver o Povo das Sombras? A maioria das pessoas que viram um ser das sombras diz que estava quase dormindo, e que viu pelo canto dos olhos, com sua visão periférica. Hoje, parece que eles estão perdendo o medo e se deixam encarar por alguns segundos, enquanto nossos olhos não acreditam no que estão vendo. Outros relatam que acordam paralisados no meio da noite e veem a sombra negra no quarto ou sobre eles. Quem vê o povo das sombras, geralmente descreve que acabou de ver um vulto negro, que sumiu muito rapidamente do campo de visão. Muitos relatam que rezar enquanto vê a coisa preta faz ele ir embora. Quem são o Povo das Sombras? Foto tirada em 19/01/2014 teria capturado um ser das sombras. Mas afinal, quem ou o que são esses seres? Existem diversas teorias que tentam explicar. Fantasmas: geralmente os fantasmas são névoas brancas ou aparições como nós. Dificilmente vemos um fantasma preto. Na verdade, até a suposição de que o povo das sombras é humanoide é vaga, pois como são escuros, não dá para ver o contorno do seu corpo. O único detalhe mais frequentemente observado são seus brilhantes olhos. Entidades Espirituais: A sensação sombria que a pessoa tem quando vê um ser das sombras fez com que os associassem com criaturas demoníacas. Se eles são demônios, temos que saber qual seu propósito ou intenção. É apenas para assustar? Corpos Astrais: Uma ideia interessante sugere que o povo das sombras são pessoas que estão fazendo um viagem astral. De acordo com Jerry Gross, um autor, palestrante e professor sobre viagem astral, todos nós saímos do corpo quando estamos dormindo. Talvez estejamos vendo os corpos astrais de pessoas dormindo. Viajantes do Tempo: O povo das sombras seriam pessoas de nosso próprio futuro que descobriram uma forma de voltar ao passado. Talvez a forma que eles encontraram de viajar no tempo os façam parecer sombras. Seres Interdimensionais: Existem teorias que preveem a existencia de até 11 dimensões no nosso universo. Nós percebemos 4, altura, comprimento, profundidade e tempo. E as outras, como são? Onde estão? Alguns teóricos dizem que essas dimensões extras existem em paralelo e muito próximas às dimensões que conhecemos. E se houver habitantes nessas outras dimensões, é possível que eles tenham encontrado uma maneira de invadir a nossa dimensão e tornar-se, pelo menos parcialmente, visível? Se assim for, eles poderiam muito bem aparecer como sombras. Alienígenas: Os fenômenos extraterrestres e abduções são tão bizarros que não é nenhuma surpresa os extraterrestres serem suspeitos de ser o povo das sombras. A Ciência Explica
Para a ciência, tudo é culpa da nossa imaginação: o povo das sombras não é nada mais do que a imaginação humana ativa. É a nossa mente pregando peças em nós. Nossos olhos vêem coisas em fração de segundo que não estavam realmente lá, gerando ilusões. Isso explica porque as pessoas vem de relance o povo das sombras. Causas naturais, como por exemplo o farol de um carro. A projeção formada por ele ao rebater em algum objeto pode formar um ser das sombras. E eles também podem ser tudo pareidolia, que é um fenômeno psicológico que envolve um estímulo vago e aleatório, geralmente uma imagem ou som, sendo percebido como algo distinto e com significado. É comum ver imagens que parecem ter significado em nuvens, montanhas, solos rochosos, florestas, líquidos, janelas embaçadas e outros tantos objetos e lugares. As pessoas podem ver um terno no quarto e confundir com alguém em pé à noite no quarto, um ser das sombras. Sem dúvida essas teorias podem provavelmente explicar alguns avistamentos, talvez vários. O olho e mente humanas são facilmente enganados. Mas eles podem ser responsáveis ​​por todos os casos? Alguns Relatos de Encontro com o Povo das Sombras: Fui visitado por um ser negro e encapuzado
Tudo começou com um amigo da minha namorada, contando a ela que uma vez a noite, em seu quarto, havia visto uma silhueta negra e após simplesmente ignorar,a silhueta se foi depois de algum tempo sem nenhum tipo de ação, e simplesmente dormiu. No dia seguinte, ele contou o quê havia acontecido a minha namorada, que ficou assustado, mas não levou muito a sério a história. Alguns dia depois, a minha namorada viu quase que exatamente como seu amigo, uma silhueta em seu quarto, que depois de um tempo também sumiu ( Eu não sei se influencia em alguma coisa, mas a avó dela sempre diz a ela que vê espíritos em casa). No dia seguinte, ela me contou o quê havia acontecido, e estranhamente, alguns dias depois, eu recebi uma visita em meu quarto enquanto dormia, mas a minha foi muito diferente da dos dois. Eu estava dormindo e subitamente acordei, como se tivesse caido na cama (eu sei que isso é comum para pessoas que fizeram uma projeção astral, consciente ou não, porém eu nunca realizei nenhum tipo de projeção). Eu não conseguia mover sequer um dedo, somente os olhos, e comecei a ficar nervoso (obs: minha cama é de costas pra janela, de modo que eu não consiga ver a janela). Quando olhei para cima, tentando enxergar inútilmente a janela, eu vi um ser, completamente negro, com um capuz também negro, fazendo sombra sobre seu rosto, de modo que eu não conseguia ver seu rosto. Enfim, era uma criatura completamente escuta, e ela me observava enquanto eu olhava assustado pra ela, sem poder mover um dedo sequer. Comecei a ficar desesperado e fiz uma força gigantesca, como nunca pensei poder fazer. Comecei a mover um dedo, enquanto eu tentava desesperadamente me libertar, a criatura sorriu para mim. Nesse momento eu simplesmente sabia que ele estava rindo, pois como já disse, eu não conseguia ver nada. Voltei minha atenção a me libertar, e enquanto eu conseguia mexer uma mão, eu senti ele se afastando em direção a janela, e com uma voz gutural e sinceramente assustadora, ele me disse algo. Mas antes de dizer, por favor, peço que não riam, pois isso foi real e muito sério. Sei que pode parecer algum tipo de brincadeira, mas foi bem real, e espero receber algum tipo de informação que me ajude a entender oque ocorreu. Enfim, com uma voz horripilante ele me disse:-Eu sou o monstro que vive atrás de você! Nesse momento realmente me assustei, fiz mais e mais força, e finalmente após uns cinco segundos, eu consegui me mexer e sai literalmente correndo da cama. Não havia mais criatura alguma no quarto. Fui para o quarto dos meus pais, que não ligaram para o que eu disse, e disseram que era um pesadelo, mas eu estava acordado, completamente acordado! Eu senti a força que fiz, senti meus músculos cansados após tamanho esforço. Não tenho dúvida alguma de que estava acordado. Aquilo realmente me assustou, e muito. Não sei se muda alguma coisa, mas sempre fui muito ligado a espiritualidade, e meu primo que inclusive frequenta centros espíritas, e ve espíritos com certa frequência, certa vez disse que havia uma energia pesada no meu quarto. Homem da Capa Preta
Era de madrugada, eu estava me deitando. Sentei na cama, e com o controle remoto liguei a televisão. Deitei e fiquei assistindo a TV. De repente a TV começa a chiar, como se houvesse algum problema... Quando olho para frente, ao lado da porta vejo um homem que estava fumando um cigarro! Eu nunca o havia visto antes, mas ele me arrepiava. Usava uma capa preta, era negro e tinha buracos no lugar dos olhos. Olhei para aquela criatura e simplesmente gelei! Fiquei trêmula, sem reação. A entidade olhou para mim e desapareceu. Vulto Preto no Pé da Cama A muitos anos atrás na minha casa, minha mãe me disse que antes de morarmos lá havia uma macumbeira que morava na nossa atual casa. Não vou mentir, mas minha casa sempre teve um ar bem pesado... Enfim, estes dias atrás estava dormindo e de repetente olhei para a cama da minha irmã, que divide o quarto comigo, e vi um ser comprido e bem escuro! Estava no pé da cama dela olhando fixamente e eu com medo me virei de voltei para minha cama e dormi de novo (depois de orar muito). Tenho certeza que não foi um sonho e nem sei porque não chamei pelo meu pai ou minha mãe. Outros acontecimentos ocorreram de maneira misteriosa, mas nesta vez eu vi com meus próprios olhos. Vulto em volta do irmão a noite, será um aviso?
Bom, isso aconteceu uma vez só e já foi o suficiente, alguns anos atrás ocorreu uma coisa estranha em meu quarto, meu irmão mais velho que na época se envolvia com gente que não prestava, veio dormir em minha casa,dormiu em meu quarto que havia duas camas de solteiro, durante a madrugada não sei dizer a hora eu acordei de repente, olhei para a cama ao lado e meu irmão estava literalmente roncando, mas em cima da cama aos seus pés havia um vulto de uma pessoa agachada e de frente para ele, logo depois apareceu um segundo vulto ao seu lado e em pé. Fiquei olhando durante alguns minutos, pois como estava meio escuro e eu havia acabado de ter acordado, pensei que poderia ser um golpe de vista. Volta e meia estas sombras com perfis exatos de pessoas se movimentavam. Aí comecei tremer na base, eu tentei esticar minha mão em direção do meu irmão para acorda-lo, e para minha surpresa o vulto que estava no pés dele fez o gesto de dar um tapa em minha mão! Logo recolhi meu braço e me cobri, tentei chamá-lo, mas foi em vão, o cara não acordava de jeito nenhum. Nisso o vulto que estava em pé ao lado dele pulou a cama e ficou aos meus pés. Eu já estava tremendo mais que vara verde, fiquei olhando o interruptor da luz, eu tinha que acender a luz. Bom, ainda fiquei pensando que poderia ser alguma coisa do meu subconsciente, alguma roupa pendurada nos cantos de cor escura, sei lá. Quando o vulto pulou novamente para o lado de meu irmão, foi o tempo para eu pular com o braço esticado até o interruptor e acender a luz. O engraçado é que tentei chamar meu irmão várias vezes em vão, pois quando pulei da cama para acender a luz, meu irmão levantou da cama ao mesmo tempo e me perguntou o que tava acontecendo, e eu expliquei. Ele não acreditou e se deitou novamente. Fui ao banheiro, lavei bem o rosto e fui na cozinha tomar um copo de água. Voltei ao quarto e realmente tinha uma jaqueta preta perto da parede. Pensei sonhei acordado, guardei a jaqueta, desliguei a luz me deitei e adivinhem quem estava lá, os dois vultos! Tentei chamar meu irmão de volta, mas o cara dormiu feito uma pedra novamente. A única coisa que me veio a cabeça então era rezar, fiquei rezando o Pai Nosso e Ave Maria durante um bom tempo e com a cabeça coberta, até que aqueles vultos sumiram. Custou mas consegui dormir. Não sei qual foi o significado daquilo, só sei dizer uma coisa, uma semana depois meu irmão foi preso. Hoje tudo isso é passado, meu é irmão um cara trabalhador e pai de família. Será que o que aconteceu na época foi um tipo de aviso?????? A Ana - minha esposa para quem não sabe - também já passou por 3 experiências com Pessoas das Sombras... No meio de uma noite, enquanto dormia, tive a nítida impressão de que tinha alguém (uma sombra) em pé ao meu lado quase que se debruçando sobre mim, me encarando, apesar de eu não poder ver o rosto. O quarto estava escuro, mas aquela sombra era mais escura que o escuro do quarto, entendem?! Quando abri os olhos e vi, tentei gritar, me mexer, mas não conseguia! Até que consegui me mexer e não vi mais a sombra. Acordei meio que chorando. Acho que eu não estava nem totalmente acordada nem totalmente dormindo. A impressão que tive é que eu abri os "olhos espirituais" e vi a sombra, depois abri os olhos físicos e então não vi mais nada. E era o "fulano" de capuz. Da segunda vez, havia uma sombra sentada aos pés da minha cama... Recentemente, estávamos em obras no nosso quarto e então fomos dormir, o Mateus e eu, no quarto de hóspedes, cada um em uma cama de solteiro. Durante a madrugada eu abri os olhos e vi uma sombra parada em pé aos pés da cama dele. Dei um baita berro que ele acordou assustado. Foi como da primeira vez: vi a coisa ali, mais escura que o escuro, mas no segundo seguinte não vi mais. Só que dessa vez não paralisei. Acendemos a luz e eu estava tremendo! Logo em seguida a Penélope chorou no quarto dela... Fiquei pensando "Será que eu a acordei com meu grito ou o ser que estava em nosso quarto foi para o quarto dela e a acordou também???" Porque tive essa sensação... Dormi vários dias com luz acesa :) FONTE: http://www.assombrado.com.br/2014/06/o-povo-das-sombras-shadow-people-quem.html

NASA TESTARÁ 'DISCO VOADOR' COM TECNOLOGIA PARA EXPLORAR MARTE

A Nasa, a agência especial americana, se prepara para testar uma espaçonave muito parecida com um disco voador. Na verdade, o LDSD (sigla em inglês do Desacelerador Supersônico de Baixa Densidade) é uma amostra do tipo de tecnologia que a raça humana precisará para pousar em Marte. O LDSD será lançado de uma altitude elevada a partir de um balão posicionado sobre o Havaí. Ele testará um novo tipo de paraquedas e um anel inflável de kevlar que pode ajudar a reduzir a velocidade da espaçonave quando ela se aproximar da superfície do planeta vermelho. A Nasa diz que está tentando elevar a capacidade máxima de carga que pode ser levada para Marte da atual 1,5 tonelada para algo entre 20 e 30 toneladas – o peso do equipamento que uma missão tripulada exige. Ian Clark, pesquisador do LDSD, disse à BBC News: "Estamos testando tecnologias que nos permitirão pousar maiores e mais pesadas cargas úteis, de uma maior altitude e com mais precisão do que jamais fomos capazes". O teste acontecerá em uma base de testes da mísseis da Marinha americana em Kauai, no Havaí. Um balão de hélio levantará o LDSD a uma altitude de 35 quilômetros antes de soltá-lo. Um motor de propulsão a foguete deve então elevar o dispositivo a 55 quilômetros de altura a uma velocidade de Mach 4 (quatro vezes a velocidade do som). Quando o LDSD começar a reduzir a velocidade, ele acionará seus dois novos sistemas de freios atmosféricos. 'Donut' O primeiro a ser acionado será o "donut", um dispositivo inflável de 6 metros. Ele aumentará o tamanho do veículo e como consequência a força de arrasto. Quando a velocidade cair para cerca de Mach 2,5, o paraquedas será acionado. "O paraquedas supersônico que estamos testando é enorme", diz Ian Clark. "Ele tem 30 metros de diâmetro; ele gera duas vezes e meia o arrasto de qualquer paraquedas anterior que mandamos a Marte". "Vamos levar o equipamento ao limite no qual os materiais dos quais o paraquedas é feito, nylon e kevlar, podem começar a derreter". "Mas não sabemos, por isso vamos fazer esse teste". Se as estruturas se mantiverem intactas, o paraquedas deve soltar o LDSD no oceano em 45 minutos. O plano da Nasa é fazer um novo teste no ano que vem, com um anel e um paraquedas maiores. A sonda Curiosity, de uma tonelada, é o maior objeto que já pousou em Marte até agora. Acredita-se que essa capacidade de carga terá que ser muito aumentada para que astronautas possam receber todos os suprimentos e equipamentos necessários para sobreviver no planeta. FONTE: http://zip.net/bknSC6

FALTA CRÔNICA DE VITAMINAS E MINERAIS LEVA À FOME OCULTA

Quando uma pessoa não ingere a quantidade de nutrientes que precisa para manter o bom funcionamento do organismo, ela pode desenvolver o que os nutricionistas chamam de fome oculta, problema caracterizado pela falta crônica de vitaminas e minerais. Em estágio inicial, essa carência pode até passar despercebida ou se manifestar com sintomas leves, como o enfraquecimento das unhas. Sem tratamento, porém, os danos à saúde podem se tornar graves e levar a doenças como a anemia. "Se não ingerirmos algum nutriente, mesmo que seja aquele de que necessitamos em doses mínimas, mais cedo ou mais tarde ele nos fará falta", diz a nutricionista Salete Brito, do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Uma maneira de evitar o distúrbio é ingerir alimentos com alta densidade nutricional. O termo, pouco conhecido pelos não especialistas, se refere a alimentos que oferecem quantidades relevantes de proteínas, vitaminas, minerais e fibras e, ao mesmo tempo, baixo teor de gorduras saturadas, açúcares adicionados e sódio. Vegetais, frutas, grãos integrais, leite e derivados, carnes magras, leguminosas, castanhas e sementes são exemplos de alimentos que se enquadram nessa categoria, explica a nutricionista Maysa Helena de Aguiar Toloni, professora adjunta no Departamento de Ciência dos Alimentos da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, Em geral, eles também são de baixa caloria, mas há exceções, como o abacate, que apresenta elevado teor calórico em função da presença abundante de gorduras insaturadas, considerada de boa qualidade. CALORIA ZERO X ZERO CALORIA Inversamente, quando um produto tem muitas calorias, mas poucos nutrientes, sua densidade nutricional é baixa. Nessa classificação, entram quitutes e guloseimas, como pizzas, salgadinhos fritos, alimentos processados e os doces em geral. A ingestão excessiva de itens desse grupo é prejudicial por uma série de aspectos. Eles não suprem as necessidades do organismo e, em determinados casos, ainda podem prejudicar a absorção de nutrientes importantes. Os produtos industrializados, por exemplo, por serem ricos em sódio atrapalham a assimilação de cálcio pelo organismo, afirma Brito. Se essa carência for prolongada, há riscos de desenvolvimento de osteoporose. O consumo exagerado de alimentos contendo as chamadas "calorias vazias", com pouca ou nenhuma oferta de nutrientes, também tem como consequência negativa o aumento de peso. "O fato de fornecerem poucos nutrientes essenciais ao organismo faz com que, por mecanismos biológicos de defesa, a pessoa consuma mais alimentos tentando compensar essa carência", diz a nutricionista Márcia Regina Vitolo, professora da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Pessoas magras que vivem de dieta e só se preocupam com a quantidade de calorias contida no alimento também podem ser vítimas da fome oculta. Por isso, dietas de até 1.200 calorias por dia precisam ser cuidadosamente planejadas para não limitar a ingestão de proteínas, vitaminas e minerais, acrescenta a docente. Uma orientação simples para suprir as necessidades do organismo é incluir em todas as refeições um ingrediente rico em proteína, como ovo, carnes magras, frango, peixe, leite, queijo ou iogurte, e outro rico em fibras, vitaminas e mineiras, como as verduras, os legumes e as frutas. "Se em todas as refeições as pessoas comerem dois alimentos, um de cada grupo, com certeza elas estarão ingerindo alimentos de alta densidade nutricional com maior frequência", completa Vitolo. Como os carboidratos também devem ser incluídos na dieta para fornecer energia ao corpo, os especialistas recomendam a substituição das versões simples pelas integrais sempre que possível. Também vale se atentar para a forma de preparo dos alimentos. O ovo, por exemplo, é considerado um alimento de alta densidade nutricional. Mas quando é preparado frito, ele incorpora gordura e, consequentemente, passa a fornecer muitas calorias – apesar de continuar sendo uma fonte importante de proteínas e vitaminas. FONTE: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/ciencia/2014/06/30/falta-cronica-de-vitamina-e-mineral-leva-a-fome-oculta-dizem-especialistas.htm

PESQUISADORES DESCOBREM PROTEÍNA CAPAZ DE BARRAR CÂNCER DE PÂNCREAS

Pesquisadores do Instituto Hospital do Mar de Pesquisas Médicas (IMIM) de Barcelona identificaram uma nova proteína, galectina-1, que poderia barrar o crescimento do câncer de pâncreas e aumentar a sobrevivência dos pacientes em 20%. Esta proteína poderá ser adotada como um possível remédio para o tratamento deste tipo de câncer, sem efeitos adversos, sugere o trabalho, que será publicado no próximo número das revistas Câncer Research e Oncoimmunology. Segundo o IMIM, os pesquisadores comprovaram pela primeira vez os efeitos da inibição desta proteína em ratos com este tipo de câncer e os resultados mostraram um aumento da sobrevivência de 20%. Até agora, as estratégias para tratar este tumor focavam em atacar as células tumorais e tinham pouco sucesso. Os últimos estudos mostraram que tentar destruir o que rodeia o tumor é possivelmente uma estratégia melhor. "Nossa contribuição vai nesta direção, já que reduzir a galectina-1 afeta principalmente o sistema imunológico e as células da estrutura que rodeiam as células tumorais, denominadas estroma, o que faz com que a Galectina-1 tenha um grande potencial", disse a doutora Pilar Navarro, coordenadora do grupo de pesquisa em mecanismos moleculares de tumores do IMIM. "Vimos também que a eliminação da galectina-1 em ratos não tem efeitos colaterais, por isso pode se tratar de uma abordagem terapêutica segura e sem efeitos adversos", explicou a pesquisadora Neus Martínez. Em parceria com o Serviço de Anatomia Patológica do Hospital do Mar, que se encarregou de analisar algumas amostras, foram estudados os tumores pancreáticos de ratos com altos níveis de galectina-1 e após eliminá-la. Os pesquisadores perceberam que os tumores sem a proteína mostravam menos proliferação, menos vasos sanguíneos, menos inflamação e ainda tinham um aumento do componente imunológico, sobretudo em tumores menos agressivos. O câncer de pâncreas é um dos tumores com pior previsão que existe, com uma sobrevivência aos cinco anos do diagnóstico inferior a 2%. Embora não seja um tumor muito frequente, é a quarta causa de morte por câncer nos países desenvolvidos porque por ser assintomático é diagnosticado tarde demais, quando ele já desenvolveu metástases e pela ineficácia dos tratamentos atuais. FONTE: http://zip.net/bqnVcn

PESSOAS QUE DORMEM PELADAS SÃO MAIS FELIZES EM RELACIONAMENTOS

A melhor maneira de manter um casamento feliz é dormir totalmente sem roupas, sugere um estudo publicado no Reino Unido. Aqueles que não usam absolutamente nada na cama são mais felizes em seus relacionamentos do que aqueles que dormem vestidos, de acordo com a pesquisa realizada pela Cotton USA (empresa de promoção de exportações do Conselho Nacional de Algodão dos EUA, com sede em vários países, incluindo a Inglaterra). Dos 1.004 britânicos ouvidos, 57% dos que dormem nus disseram que estavam felizes em seus relacionamentos, em comparação com 48% das pessoas que usam pijamas, 43% das que usam camisa e 38% das que usam macacão. O resultado da pesquisa pode ser uma boa notícia para muitos casais no mundo. Por exemplo, quatro em cada dez britânicos dormem sem vestir nada, de acordo com o estudo. Stephanie Thiers-Ratcliffe, da sede da Cotton USA em Londres, afirma que há muitos fatores que podem afetar o sucesso de um relacionamento. Um, muitas vezes esquecido, é o ambiente do quarto. "A cama pode ser extremamente macia e sentida contra a pele, estimulando a abertura e a intimidade entre os casais e, com isso, aumentando a felicidade". A pesquisa também revelou outras manias no quarto que podem afetar a felicidade nos relacionamentos. Metade das pessoas se incomoda por companheiros que comem na cama, 59% detestam roupa suja no chão e 23% odeiam quando seu parceiro usa meias. FONTE: http://zip.net/brnTHj

CIENTISTAS DESCOBRIRAM FRATURA TECTÔNICA EM FORMAÇÃO AO LARGO DA COSTA PORTUGUESA

Um "embrião" de placa tectônica foi detectado a sudoeste de Portugal Elliot Lim e Jesse Varner, CIRES/NOAA/NGDC Após os grandes terramotos de 1755 e 1969 em Portugal, já se suspeitava que algo estivesse a acontecer no fundo do Atlântico, próximo da Península Ibérica. Agora, cientistas portugueses, australianos e franceses afirmam ter descoberto os primeiros indícios desse fenômeno. A descoberta de uma zona de subducção nas suas primeiríssimas fases de formação, ao largo da costa de Portugal, acaba de ser anunciada por um grupo internacional de cientistas liderados por João Duarte, geólogo português a trabalhar na Universidade de Monash, na Austrália. A confirmar-se que o fenômeno, em que uma placa tectônica da Terra mergulha debaixo de outra, está mesmo a começar a acontecer, como concluem estes cientistas num artigo publicado online pela revista Geology, isso significa que, daqui a uns 200 milhões de anos, o Oceano Atlântico poderá vir a desaparecer e as massas continentais de Europa e América a juntar-se num novo supercontinente. João Duarte e a sua equipa de Monash, juntamente com Filipe Rosas, Pedro Terrinha e António Ribeiro, da Universidade de Lisboa e do Instituto Português do Mar e da Atmosfera – e ainda Marc-André Gutcher, da Universidade de Brest (França) – detectaram os primeiros indícios de que a margem Sudoeste Ibérica – uma margem “passiva” do Atlântico, isto é, onde aparentemente nada acontecia –, está na realidade a tornar-se ativa, explica em comunicado aquela universidade australiana. A formação da fractura foi detectada através do mapeamento pelos cientistas, ao longo de oito anos, do fundo do oceano nessa zona. “Detectamos os primórdios da formação de uma margem ativa – que é como uma zona de subducção embrionária”, diz João Duarte, citado no mesmo comunicado. E o investigador salienta que a atividade sísmica significativa patente naquela zona, incluindo o terramoto de 1755 que devastou Lisboa, já fazia pensar que estivesse a produzir-se aí uma convergência tectônica. A existência desta zona de subducção incipiente ao largo de Portugal poderá indiciar que a geografia dos atuais continentes irá evoluir, ao longo dos próximos 220 milhões de anos, com a Península Ibérica a ser empurrada em direção aos Estados Unidos. Este tipo de fenômeno já terá acontecido três vezes ao longo de mais de quatro mil milhões de anos de história do nosso planeta, com o movimento das placas tectônicas a partir antigos supercontinentes (como o célebre Pangeia, que reunia todos os continentes atuais) e a abrir oceanos entre as várias massas continentais resultantes. O processo de formação da nova zona de subducção deverá demorar cerca de 20 milhões de anos, fornecendo aos cientistas uma “oportunidade única” de observar o fenômeno de ativação tectônica. Fonte: http://www.publico.pt/ciencia/noticia/cientistas-descobriram-fractura-tectonica-em-formacao-ao-largo-da-costa-portuguesa-1597634

PÓLO MAGNÉTICO DA TERRA ESTÁ MUDANDO EM RITMO ACELERADO

A Terra tem um pólo norte magnético e um pólo norte geográfico, mas pólo magnético da Terra está mudando em um ritmo acelerado nos últimos anos.Uma nova pesquisa realizada pela Agência Espacial Europeia e da sua missão de três satélite chamado enxame, mostra que o pólo norte magnético da Terra está se movendo em direção ao sul da Sibéria. Os satélites foram lançados em novembro do ano passado com a finalidade de investigar os campos magnéticos da Terra. Os campos foram encontrados para agir como um escudo contra a radiação solar e espaço, e também para ajudar a moderar o clima da Terra. Os cientistas também determinaram com informações dos satélites enxame, que ao longo dos últimos seis meses, houve uma acentuada diminuição na força do campo magnético da Terra em até 15 por cento. Alguns dos muitos riscos envolvidos em um enfraquecimento do campo magnético da Terra incluem as alterações climáticas, o aumento tempestades solares que podem causar a rede elétrica em colapso, buracos de ozônio temporários e possível aumento de exposição à radiação que leva a um aumento da taxa de câncer em seres humanos. A mudança na aceleração dos pólos magnéticos da Terra se origina a partir do núcleo do planeta. Grandes áreas do Hemisfério Ocidental ter visto diminuído o poder no campo magnético, enquanto uma grande área no sul do Oceano Índico tem visto um aumento no poder do campo. Os cientistas serão capazes de continuar analisando os dados dos satélites ENXAME ao longo dos próximos meses para determinar se estes resultados coincidem com outras orientações de sinal do resto das camadas da Terra, como a ionosfera, manto, crosta, oceanos e magnetosfera. A última inversão dos pólos magnéticos da Terra ocorreu 780.000 anos atrás, mas ao longo dos últimos 20 milhões anos o padrão de reversões pólo tem sido uma constante em 200.000-300.000 anos. Desde a primeira pesquisadores localizado o pólo magnético de volta no início do século XIX, tornou-serpenteava mais de 600 milhas. De volta ao início do século XX o pólo estava se movendo em apenas 10 quilômetros por ano, mas que a taxa acelerou-se para cerca de 40 quilômetros por ano. Este deslocamento anual do pólo se acredita ser causada por núcleo externo líquido da Terra, o que é feito de metal e flui em torno do núcleo interior de metal vendido muito lentamente, deslocando, assim, o campo magnético. Normalmente, uma inversão do pólo magnético leva milhares de anos, mas tem havido alguma evidência recente de que a inversão do campo magnético rápidas ocorrer. De volta aos anos 1960 os cientistas localizados evidência parcial que um pólo de reversão extremamente rápida, mas de curto prazo aconteceu apenas 41 mil anos atrás. Esta pesquisa foi encontrado em uma pequena aldeia de Laschamp, França, onde em 2012 os cientistas revisitou o local para descobrir que a reversão só durou um pouco mais de 400 anos ea força do campo estava enfraquecido para apenas 25 por cento do que a força de hoje o campo magnético é produzindo atualmente. Outras descobertas recentes incluem evidências encontradas no Oregon em 1995 e Nevada em 2010, onde lava endurecida foi examinado e considerado para indicar o que o campo magnético se moveu 53 graus em um único ano, e em um caso até seis graus em um único dia , que é mais de 10.000 vezes mais rápido do que o habitual. Alguns acreditam que esses movimentos dos campos magnéticos da Terra a partir do deslocamento do manto da Terra pode levar ao aumento da atividade vulcânica, enquanto outros observaram a correlação entre a mudança magnética 41.000 anos atrás, e os moribundos fora dos neandertais na Europa.Se pólo magnético da Terra continua a acelerar em um ritmo mais rápido, os resultados provavelmente vai ser mais perigoso do que se mover-se gradualmente ao longo de milhares de anos, como muitos cientistas acreditam que é comum. Fonte: http://guardianlv.com/2014/06/earths-magnetic-pole-shifting-accelerates/http://planetxnews.com/2014/06/28/earths-magnetic-pole-shifting-accelerates/

FACEBOOK MANIPULOU AS EMOÇÕES DE 700 MIL USUÁRIOS PARA FAZÊ-LOS SE SENTIREM MAIS FELIZES OU MAIS TRISTES

Faz algum tempo que vários estudos científicos e vozes críticas exploram a relação entre o Facebook e as emoções humanas. Em particular, quase desde a origem de dita rede social, suspeita-se que o uso contínuo do Facebook é capaz de provocar ansiedade, estresse, angústia, frustração e em geral sentimentos bem negativos e contrários ao bem-estar de uma pessoa. Em termos gerais, o Facebook deu cabimento a um singular fenômeno da psique humana: mostrar a própria vida melhor do que realmente é, maquiando aqui e acolá, corrigindo, mentindo ligeiramente. No mundo Facebook todos parecem triunfar, são felizes e têm vidas satisfatórias e plenas o tempo todo, o que pode ser convertido em uma espécie de pressão condicionante para quem pensa que todas essas vidas são melhores que a sua. Daí então a perda de confiança e segurança, a tristeza, a angústia de ter ao alcance uma vida perfeita e no entanto ser incapaz de concretizá-la. O que me parece ainda mais triste sobre este assunto é que, da mesma forma que as pessoas costumam obstaculizar argumentos contrários a suas crenças, tentam também obstar quaisquer informações que denunciem que sua vida de faz de conta das redes sociais não é bem assim. Um exemplo você pode ver, no artigo "Como está sua vida no Facebook?". Este post foi um dos recordistas da semana passada, com quase 100 mil pontos de vista, dos quais mais de 55% abandonaram a leitura antes de chegar até a sua metade. Junte se a isso os poucos "Likes" em relação a alta quantidade de visualizaçôes e podemos inferir claramente que a leitura foi incômoda e que as pessoas parecem preferir suas mentiras a ter que mudar de opinião. Mas tudo é espontâneo? A verdade é que não. Ainda que a seguinte afirmação linda com o delírio paranoico, a verdade é que inclusive (ou sobretudo) isso que cremos mais nosso, mais pessoal, mais íntimo, também é susceptível de ser convertido em mercadoria dos grandes poderes que conduzem o mundo, matéria prima para gerar ganhos, conhecimento -no mais puro estilo do século XVIII- que o Poder precisa para não morrer nunca. Prova disso é um experimento que há alguns uns anos o Facebook realizou para manipular abertamente a conduta de seus usuários e depois se beneficiar dos resultados observados. Durante uma semana de 2012 e em colaboração com acadêmicos das universidades de Cornell e Califórnia, o Facebook alterou o feed de 689 mil pessoas para saber o que aconteceria quando um usuário recebesse menos estímulos positivos ou menos estímulos negativos. Isto é, manipulou a visualização de posts, comentários, vídeos e imagens em função destas duas variáveis: as que tinham conteúdo emocional positivo e as de negativo. Seu propósito era indagar sobre o “contágio” das emoções através da rede social. De acordo com os resultados obtidos, quando o feed está um pouco mais triste que o normal, o usuário também tende a postar conteúdo emocionalmente negativo; em caso contrário, quando o feed é mais feliz, o usuário busca participar também desse impulso do ânimo coletivo. O preocupante deste exercício é, por um lado, que as respostas foram manipuladas só com alguns ajustes no algoritmo da rede social -o que coloca em suspeita nossa autonomia com respeito inclusive a entidades inertes-, e, por outro, a capacidade que o Facebook tem para executar uma manipulação de semelhante magnitude sem que nada nem ninguém possa detê-lo: nem um governo, nem seus usuários -porque deram seu consentimento nas configurações de privacidade-, nem organismos que regem a rede. Nada nem ninguém, como se, efetivamente, a tirania dos algoritmos estivesse a ponto de substituir a das grandes corporações. Fonte: theguardian.com/technology/2014/jun/29/facebook-users-emotions-news-feeds

sexta-feira, 27 de junho de 2014

DESCOBERTO PLANETA AZUL COMO A TERRA

Um planeta azul como a Terra foi descoberto por astrônomos com o uso do telescópio Hubble. A grande novidade é que, pela primeira vez, foi possível determinar a cor de um exoplaneta, no caso o HD 189733b, localizado a 63 anos-luz da Terra, na constelação da Raposa (Vulpecula). Contudo, as semelhanças ficam apenas no aspecto da cor. De resto, este exoplaneta é um gigante de gás, que orbita muito perto de sua estrela, cujas condições para hospedar qualquer forma de vida são completamente inóspitas. Sua atmosfera possui temperaturas de 1.000 graus Celsius, com ventos de 7.000 km/h, de acordo com comunicado da Agência Espacial Europeia (ESA). O HD 189733b gira em torno de sua estrela em 53 horas e é aproximadamente 10% maior e com mais massa do que Júpiter. Para determinar sua cor, os astrônomos mediram a quantidade de luz refletida na sua superfície, uma propriedade chamada albedo. A cor azul é por conta da atmosfera gasosa e turbulenta, composta, em maior parte, por hidrogênio e carregada de partículas de silicato. FONTE: megaarquivo.com/2014/05/13/10-186-descoberto-planeta-azul-como-a-terra/

CONHEÇAS OS AVANÇOS DA ERA ESPACIAL

Desde a década de 1970, a Nasa se preocupa em listar tecnologias ou invenções que, por algum motivo, migraram do âmbito espacial para o terreno, caindo no uso popular. No site Spinoff é possível ter uma ideia de quão importante a agência foi ao criar coisas que hoje são comuns ao ponto de parecerem ordinárias. Confira algumas: Câmera de celular Praticamente 1/3 dos celulares com câmera usa uma tecnologia desenvolvida para câmeras espaciais. Papinha Sabe aquela comida para bebês? 99% da fórmula vêm de um ingrediente descoberto pela Nasa para alimentação de astronautas. Travesseiro fofo Você se deita, ele afunda, você se levanta, ele volta totalmente ao normal. Travesseiros, colchões, capacetes… muitos desses produtos usam uma espuma viscoelástica que, na verdade, foi criada para absorção de impacto para naves espaciais. Bombeiros Os uniformes resistentes ao fogo usados pelos bombeiros também foram desenvolvidos com uma mãozinha da Nasa. Termômetro auricular Até a década de 1990 podia ser bem desconfortável medir a temperatura, mas a empresa Diatek aproveitou descobertas da Nasa para criar um sensor infravermelho que podia servir de termômetro. Palmilha As botas que Neil Armstrong usou quando pisou pela primeira vez na Lua tinham um tipo de palmilha que depois acabou incorporado a vários tênis esportivos. Comunicação a distância Antes de enviar um homem ao espaço, a Nasa precisava se certificar de que conseguiria se comunicar com ele, e fez isso com satélites. Iguais às centenas que hoje são usadas por empresas de telecomunicações no mundo todo. Filtro de água É, foram eles também. Embora a filtragem de água já existisse desde a década de 1950, a Nasa aperfeiçoou a técnica usando carvão ativado e com íons de prata que limpam a água e afastam ameaças, impedindo futuras contaminações. Aspirador de pó Na década de 1960, a Black & Decker inventou o aspirador de pó portátil quando desenvolvia ferramentas para a Nasa, o Dustbuster. Desde então, diversas empresas pegaram carona na ideia. Aparelho ortodôntico Surgiu na década de 1980 o primeiro aparelho ortodôntico transparente, que hoje é uma alternativa comum para quem não quer a boca muito transformada em prol da correção dos dentes. Eles são feitos de TPA, um alumínio translúcido desenvolvido pela Nasa e uma empresa chamada Ceradyne para proteção de antenas infravermelhas de mísseis de calor. FONTE: megaarquivo.com/2014/05/21/10-214-mega-techs-avancos-trazidos-pela-era-espacial/

NOSSA GALÁXIA ABRIGA UM TÚNEL DO TEMPO, E NÃO UM BURACO NEGRO, COMO SE SUPUNHA

Pelo menos é essa a conclusão de um trabalho científico recente Um grupo de cientistas chineses assegurou que no centro da Via Láctea existe um buraco de minhoca, e não um buraco negro, como acreditam os astrônomos. Caso a hipótese seja confirmada, o centro de nossa galáxia abrigaria um verdadeiro túnel do tempo. Buracos de minhoca são túneis hipoteticamente existentes através do tempo e do espaço e que alcançam um deslocamento mais rápido que a velocidade da luz. A teoria foi formulada pela primeira vez graças ao trabalho de Albert Einstein e Nathan Rosen, que na época, os batizaram como “Pontes de Einstein-Rosen.” O estudo foi conduzido pela equipe de Zilong Li e Cosimo Bambi, membros da Universidade Fudan, em Shangai, na China. Os investigadores dizem haver encontrado uma emissão específica de energia que poderia ser detectada ao redor de um hipotético buraco de minhoca. Apesar de a teoria mais aceita afirmar a existência de um maciço buraco negro no centro de nossa galáxia, os cientistas chineses discordam e afirmam tratar-se de um buraco de minhoca. O grupo espera conseguir provar sua hipótese prontamente quando o telescópio VLT, do Observatório Europeu Austral no Chile, receber o aparelho Gravity, especialmente desenhado para observar o centro da galáxia com uma definição inexistente até hoje. Com esse novo recurso para análise plasmática do que quer que se encontre no centro da Via Láctea, o mistério será de vez, desvendado. FONTE: megaarquivo.com/2014/06/10/10-269-nossa-galaxia-abriga-um-tunel-do-tempo-e-nao-um-buraco-negro-como-se-supunha/

PESSOAS MAIS CARNÍVORAS TÊM MAIS FACILIDADE EM GANHAR PESO

Segundo um estudo feito na Europa, que analisou milhares de pessoas, comer menos carne pode ajudá-lo a ficar em forma. A Dra. Anne-Claire Vergnaud, da Imperial College London, descobriu que pessoas que comem mais carne ganham mais peso ao longo de um período de 5 anos. É importante notar que todos os participantes no estudo comiam a mesma quantidade de calorias, mas diferentes quantidades de carne. O resultado mostra que um consumo menor de carne pode ser o ideal para manter o peso. A pesquisa incluiu 100 mil homens e 270 mil mulheres de 10 países europeus diferentes. De acordo com a pesquisa, dinamarqueses, alemães, espanhóis e suecos eram os maiores consumidores de carne, comendo cerca de 300 calorias por dia apenas em carne. Os gregos eram os que menos consumiam o produto (média de 200 calorias “de carne” por dia). Durante o período de 5 anos do estudo, os pesquisadores notaram que para cada 250 gramas a mais de carne que uma pessoa comia por dia, ela ganhava 1,9 quilos no fim do ano. Os tipos de carne mais “engordativos” eram, respectivamente: frango, carnes processadas e carne vermelha. FONTE: NBCnews.com/id/38329749/ns/health/

DOENÇAS MENTAIS REDUZEM EXPECTATIVA DE VIDA MAIS DO QUE TABAGISMO

Doenças mentais sérias podem encurtar a vida em até vinte anos. Esse número é equivalente ou até pior do que a queda na expectativa de vida decorrente do tabagismo, revelou um estudo da Universidade de Oxford, na Inglaterra, publicado nesta quinta-feira no periódico World Psychiatry. Pesquisadores revisaram vinte estudos que mediram o risco de mortalidade de doenças mentais, dependência em álcool e drogas (cocaína, ópio e anfetamina), demência, autismo, dificuldades de aprendizagem e distúrbios de comportamento na infância. As pesquisas incluíam mais de 1,7 milhões de pessoas e relatavam 250 000 mortes. Os estudiosos, então, compararam a expectativa de vida e a incidência de suicídio entre esses indivíduos com os dados da população em geral, assim como com os de tabagistas que fumam mais de um maço de cigarros diariamente. “Nós descobrimos que muitos problemas mentais causavam uma queda na expectativa de vida tão grande quanto fumar vinte ou mais cigarros por dia”, diz Seena Fazel, coautor do estudo e membro do Departamento de Psiquiatria da Universidade de Oxford. A redução média da expectativa de vida foi de nove a vinte anos para bipolares, dez a vinte anos para esquizofrênicos, sete a onze para depressivos e nove a 24 anos para dependentes de álcool e drogas. Já entre os que fumavam intensamente, a diminuição foi de oito a dez anos. Segundo Fazel, há muitas razões para as doenças mentais encurtarem a vida. “Comportamentos de alto risco são comuns em pacientes psiquiátricos, sobretudo decorrentes do abuso de drogas e álcool. Esses doentes também são mais propensos a morrer por suicídio. O estigma em torno da saúde mental pode fazer com que eles não sejam tão bem tratados pelos médicos quanto os pacientes com problemas físicos”, explica. Além disso, doenças psiquiátricas podem agravar enfermidades físicas, especialmente cardiopatias, diabetes e câncer. Pesquisadores, profissionais da saúde e governo precisam encarar as doenças mentais como prioritárias, diz Fazel. “O tabagismo é considerado um grande problema de saúde pública. Com vontade política e financiamento, as taxas de mortalidade relacionadas ao vício declinaram. Precisamos de um esforço semelhante quando o assunto é saúde mental.” FONTE: megaarquivo.com/2014/05/25/10-224-neurologia-doencas-mentais-reduzem-expectativa-de-vida-mais-do-que-tabagismo/

O QUE É DISTÚRBIO EXPLOSIVO INTERMITENTE?

Descreve uma situação onde uma pessoa, nos momentos de raiva, não consegue conter seu comportamento e acaba perdendo o controle: xinga, berra, ameaça, destrói objetos, ataca fisicamente as pessoas. Possui as seguintes características 1 : Apesar de não premeditar, depois desses ataques percebe que exagerou nas atitudes e sente vergonha, culpa e arrependimento. Seus ataques de raiva nada têm a ver com o uso de álcool ou de drogas. Apesar desses comportamentos, o portador do transtorno não tem problemas sérios com a Justiça. Geralmente, na família há pessoas que apresentam o mesmo problema. A pessoa apresenta dificuldade para controlar o impulso agressivo, na maioria das vezes, sua reação é explosiva e sempre muito desproporcional a situação que a desencadeou. Por exemplo: uma pessoa tem uma crise de fúria, joga coisas, xinga, grita porque a fila do cinema não anda. Essas atitudes não são premeditadas, ou seja, trata-se realmente de um impulso. Os portadores relatam que, às vezes, por uma fração de segundos, tem consciência do que está por ocorrer, mas não conseguem se controlar. Descrevem que esses momentos são precedidos de excitação crescente, alto nível de tensão, palpitações, aperto no peito, pensamentos raivosos etc., que os levam a fortes impulsos de agir agressivamente. Após o ocorrido, sentem alívio da tensão e por algum tempo, acreditam que seus comportamentos são justificáveis. Invariavelmente, quando conseguem pensar com mais calma, sentem-se genuinamente arrependidos, com vergonha, culpados, tristes e confusos. O sentimento de base para o TEI é a raiva. Devemos, porém, considerar que a raiva é uma emoção normal que pode ocasionar sentimentos como aborrecimento ou irritação, e que somente quando fora de controle, torna-se destrutiva, causando problemas nas relações pessoais, de trabalho e qualidade de vida. Os indivíduos com esse transtorno frequentemente expressam raiva intensa e inadequada (para o estresse causado pelo ambiente ou situação), ou têm dificuldade para controlar essa raiva. São constantes também o extremo sarcasmo, a persistente amargura ou explosões verbais. A raiva frequentemente vem à tona quando uma pessoa de sua simpatia é tida por eles como negligente, omisso, indiferente ou prestes a abandoná-lo. Durante períodos de extremo estresse pode ocorrer ideação paranóide ou sintomas dissociativos transitórios (por ex., despersonalização) mas estes, em geral, têm gravidade ou duração insuficiente para indicarem um outro diagnóstico psiquiátrico. Normalmente a maioria das pessoas acometidas desse mal acha que isso é normal e nega ser doente. A negação também faz parte das doenças da mente, mas se submetidas ao exame de “mapeamento cerebral” ficarão estarrecidas com o resultado porque o exame irá denunciá-las. O Transtorno Explosivo Intermitente se percebe naquele indivíduo que, popularmente, é descrito como tendo “pavio curto” por não conseguir resistir aos seus impulsos agressivos.Desta forma, se tornam pessoas que têm dificuldade em avaliar as consequências de seus atos e, são levados a ter comportamentos agressivos, ataques de fúria e de agressividade, tais como, ameaçar, berrar, xingar, fazer gestos obscenos,falar palavrões, desrespeitar leis de trânsito, atirar objetos, envolver-se em brigas com a família, no trabalho,nas relações sociais e destruir objetos e propriedades.No entanto, seus ataques de agressividade não são premeditados, o que faz sentirem-se responsáveis por seus atos, demonstrando arrependimento, vergonha, culpa e tristeza. As causas podem ser biológicas e/ou psico-sociais: Biológica: disfunção na produção de serotonina. Psico-sociais: Essas pessoas normalmente conviveram em famílias instáveis onde as explosões verbais e os abusos físicos e emocionais eram frequentes. Muitas vezes encontram-se nesses ambientes pessoas dependentes de álcool ou drogas.O portador apresenta baixa tolerância à frustração, e dificuldade para administrar sentimentos de raiva e hostilidade, são instáveis afetivamente, pois não sabem controlar seus sentimentos e emoções. Entendem que “o mundo está contra eles” e acabam por repetir o mesmo modelo de comportamento vivenciado na infância, acreditando ser essa uma forma de restaurar a auto-estima fragilizada. perda de controle da agressividade superior a 2 vezes por semana; ataques de agressividade não premeditados; desproporcionais ao evento que o desencadeou; sentimentos de culpa, vergonha, arrependimento,depois de um certo tempo, em relação aos ataques agressivos; presença de familiares que apresentem características semelhantes; crises de agressividade impulsivas, repentinas; destruição de objetos e propriedades; comportamento precedido de sensações físicas como: forte tensão, formigamento, tremores, palpitações, aperto no peito, tensão nas costas, pressão na cabeça, pensamentos raivosos que os levam a fortes impulsos de agir agressivamente; relatam vontade de “matar alguém” ,“necessidade de ferir ou atacar”, ou frases como “é como um pico de adrenalina” ou “como se eu estivesse com sangue nos olhos”; sensação de alívio imediatamente após a crise. fonte: megaarquivo.com/2014/06/18/10-287-psiquiatria-o-que-e-o-transtorno-explosivo-intermitente/

COMO FOI CALCULADA A VELOCIDADE DA LUZ?

Até 1676, acreditava-se que a luz era instantânea. Naquele ano, o astrônomo dinamarquês Ole Roemer observou no telescópio que, em comparação com seus cálculos, havia um atraso de 22 minutos nos eclipses das luas de Júpiter. Roemer concluiu que o atraso correspondia ao tempo que a luz dos satélites levava para alcançar a Terra, à velocidade que estimou em 225 000 quilômetros por segundo. “Esse valor estava bem próximo do que é aceito hoje”, diz o físico Giorgio Moscati do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O valor correto – 299 792 km/s – foi determinado apenas em 1926 pelo físico alemão Albert Michelson. Para chegar a esse número, Michelson aperfeiçoou, durante 25 anos, o interferômetro, aparelho que mede em espelhos fixos o desvio da luz refletida por espelhos rotativos. FONTE: megaarquivo.com/2014/06/26/10-317-como-foi-calculada-a-velocidade-da-luz/

NASA TRANSMITE VÍDEO DO ESPAÇO A 50 MBPS USANDO LASERS

A Nasa já testou com sucesso um sistema de comunicação chamado OPALS, que liga a ISS (Estação Espacial Internacional) com a Terra em velocidades de conexão que chegam a 50 Mbps usando lasers. Para isso, foi enviado um vídeo com a mensagem “Hello World” para a Terra. Com a tecnologia que está em testes, será possível enviar vídeo em tempo real do espaço e o investimento nesta área é necessário para no futuro, quem sabe, transmitir imagens diretamente da superfície de Marte por alguma sonda. A transmissão durou 148 segundos, mas o envio de apenas uma cópia do vídeo levou apenas 3,5 segundos, sendo que a mesma mensagem foi reenviada várias vezes no período. No fim das contas, mais de 1 GB de dados foi recebido, algo incrível pouco mais de 3 minutos de transmissão. Em condições normais, usando sinais de rádio convencionais, o envio do vídeo apenas uma vez levaria 10 minutos. Para quem tem alguma dúvida sobre a segurança dos raios laser, o OPALS usa um laser infravermelho de 2,5 watts, algo que certamente não é o suficiente para destruir a Terra e sequer causar qualquer tipo de estrago ao planeta. FONTE:http://megaarquivo.com/2014/06/24/10-310-nasa-transmite-video-do-espaco-a-50-mbps-usando-lasers/

O QUE ACONTECE SE A PORTA DE UM AVIÃO SE ABRE DURANTE O VOO?

Depende da altura em que está o avião. Quanto mais alto, maior é a diferença de pressão e temperatura dentro e fora do avião, porque a cabine tem um mecanismo de pressurização, que mantém a temperatura estabilizada em 22 ºC e a pressão do ar semelhante à do nível do solo. Portanto, quanto mais longe do chão, piores podem ser as conseqüências para os passageiros e tripulantes. A sorte de quem estava no avião da TAM que perdeu a porta dianteira durante o voo no dia 8 de agosto de 2006 foi justamente que ele ainda estava decolando – portanto, estava a apenas um quinto da altura que costuma atingir durante o voo. A temperatura do ar que tomou conta da cabine era de 20 ºC e a pressão não era baixa o suficiente para causar problemas graves. Mesmo assim, alguns passageiros sofreram problemas de pressão sanguínea, e uma aeromoça que estava perto da porta teve que se segurar em uma poltrona para não ser arrastada para fora do avião. Na mesma hora o piloto deu meia-volta e retornou ao aeroporto, evitando problemas maiores. Mas a coisa podia ter ficado feia se a aeronave estivesse no seu teto de voo (a altura máxima que atinge). Pânico à bordo Velocidade entre 800 e 1 000 km/h, temperatura externa de 34 ºC negativos e a pressão do ar equivalente a um quarto da do nível do solo. A abertura da porta faz as pessoas sentirem muito frio e extrema dificuldade para respirar. Enquanto o ar externo entra na cabine, o interno, com a pressão bem mais alta, sai de uma só vez – como quando estouramos uma bexiga -, “cuspindo” pessoas e objetos para fora do avião. O QUE O PILOTO FAZ? – Desce o máximo possível. As máscaras mantêm as pessoas respirando por 15 a 20 minutos. 1 800 metros O avião da TAM estava nessa altitude,a 350 km/h, a temperatura do lado de fora era apenas 2 ºC menor do que a da cabine e a pressão interna era parecida com a pressão externa. Com a abertura da porta, a cabine é tomada pelo ar de fora, mas só a partir de 3 mil metros a pressão dele é baixa o suficiente para causar rompimento dos tímpanos, náusea e dor de cabeça O QUE O PILOTO FAZ? – Prossegue para o aeroporto mais próximo. No chão Mesmo que o avião atinja 240 km/h, a velocidade máxima antes de sair do chão, nada de grave pode acontecer. No máximo, o vento faz voar objetos leves próximos da porta. Afinal, no solo, a temperatura e a pressão dentro e fora do avião são iguais – no nível do mar, a pressão é de 1 quilograma-força por cm2 e é um pouquinho menor em cidades mais altas. O QUE O PILOTO FAZ? – Interrompe a decolagem. fonte: megaarquivo.com/2014/06/26/10-316-aeronautica-o-que-acontece-se-a-porta-de-um-aviao-se-abre-durante-o-voo/

QUAIS SÃO OS PAÍSES COM AS PESSOAS MAIS GORDAS E MAGRAS DO MUNDO

A epidemia da obesidade não é mais novidade. Liderada pelos EUA, se alastrou pelo mundo todo, graças principalmente ao aumento do consumo de alimentos calóricos e pouco saudáveis e a falta de exercício físico. Tudo isso se deve, por sua vez, ao estilo da sociedade moderna atual, altamente tecnológica e prática. Para se ter uma noção do que estamos enfrentando, pesquisadores usaram dados do mundo todo de 2005 de índices de massa corporal (IMC) e distribuições de altura para estimar a massa corporal média de adultos, multiplicado esses resultados pelo tamanho da população, obtendo uma massa total (a biomassa) de cada país. Essa biomassa foi então avaliada utilizando o padrão de IMC – em que um IMC superior a 25 indica população com sobrepeso, e maior que 30 população obesa. Por exemplo, a América do Norte tem 6% da população mundial, mas 34% da biomassa devido à obesidade. Enquanto isso, a Ásia tem 61% da população mundial, mas apenas 13% da biomassa devido à obesidade. Globalmente, a massa corporal média para um indivíduo foi calculado em 62 quilogramas. O excesso de peso foi calculado em 15 milhões de toneladas métricas, o equivalente a 242 milhões de pessoas de massa corporal média “extras” no planeta. Como os dados são de 2005, e a obesidade vem aumentando em ritmo alarmante em diversos países, podemos esperar que a realidade seja ainda pior. Confira os 10 países “mais gordos” (incluindo apenas nações com mais de 100.000 pessoas): - Estados Unidos; - Kuwait; - Croácia; - Catar; - Egito; - Emirados Árabes Unidos; - Trinidad e Tobago; - Argentina; - Grécia; - Bahrain. Já os 10 países mais magros são todos africanos ou asiáticos, o que se deve, supostamente, a terem mais problemas com fome e pobreza, por exemplo: - Coreia do Norte; - Camboja; - Burundi; - Nepal; - República Democrática do Congo; - Bangladesh; - Sri Lanka; - Etiópia; - Vietnã; - Eritreia. Segundo os pesquisadores, as projeções populacionais do mundo sugerem que até 2050 2,3 bilhões de pessoas a mais vão circular pela Terra, e isso com certeza vai gerar implicações ecológicas, que por sua vez serão agravadas pelo aumento da massa corporal média. Por quê? Porque mais massa corporal significa que as pessoas consomem mais energia e mais caloria, e o aumento da população vai afetar a demanda de recursos mais do que o esperado. “Embora o maior aumento no número da população seja esperado na Ásia e na África subsaariana, nossos resultados sugerem que o aumento da população nos EUA terá mais peso do que os números implicam”, dizem os cientistas. “Nossos cenários sugerem que as tendências globais de massa corporal crescente terão implicações de recursos importantes, e, sem controle, o aumento do IMC pode ter as mesmas implicações para as necessidades mundiais de energia como 473 milhões de pessoas extras. Combater a gordura da população pode ser crítico para a segurança alimentar e a sustentabilidade ecológica”, concluem. E o Brasil: país gordo ou país magro? Pelos dados atuais, o Brasil tende para o lado gordo. Pesquisas de 2008 e 2009 indicavam que metade dos homens e mulheres brasileiros tinha excesso de peso (sobrepeso). 12,5% dos homens brasileiros e 16,9% das mulheres brasileiras são obesos. A condição é mais comum entre homens do que mulheres, com a pior faixa etária sendo de 45 a 54 anos para eles e 55 a 64 anos para elas. Nos homens, o excesso de peso e a obesidade atingem duas a três vezes mais os de maior renda, além de se destacarem nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, e nas áreas urbanas. Nas mulheres, as duas condições se destacam no Sul e nas classes intermediárias de renda. A mesma pesquisa – Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, realizada em parceria entre o IBGE e o Ministério da Saúde – mostrou que a obesidade e o excesso de peso têm aumentado rapidamente nos últimos anos no país, em todas as faixas etárias. E pesquisas mais recentes confirmaram a previsão. Pode ser que não estejamos entre os 10 países “mais gordos”, mas, no ano passado, o IBGE revelou que mais da metade da população adulta brasileira já está acima do peso. O excesso de peso já atinge também uma em cada três crianças entre cinco e nove anos de idade, e um quinto dos adolescentes no país. O nutricionista francês Pierre Dukan, autor de bestsellers sobre dietas, comentou em visita recente ao país que os jovens estão muito mais gordos que seus pais, e que o excesso de peso brasileiro pode ser contido com uma moderação no consumo de feijão com arroz. “Fiquei com a impressão de que os jovens brasileiros comem bastante feijão, arroz e feculentos (como a batata) e também consomem mais açúcar do que os adolescentes na França”, disse Dukan, em entrevista à BBC. A dieta mais saudável do mundo, segundo pesquisas, é a mediterrânea. Conheça essa dieta e faça um esforço para se tornar mais saudável! FONTES: livescience.com/21008-body-mass-the-heaviest-and-lightest-nations.html / livescience.com/21003-human-population-global-obesity-weight.html / ObesidadeBrasil / BBC.co.uk/portuguese/noticias/2012/03/120328_nutricionista_pierre_dukan_df.shtml / R7.com/saude/noticias/obesidade-no-brasil-cresce-em-ritmo-preocupante-20110118.html

OS PAÍSES RICOS TÊM MAIORES TAXAS DE DEPRESSÃO

Um novo estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que países ricos tendem a ter maiores taxas de depressão do que as nações de baixa renda. Uma equipe de pesquisadores analisou amostras representativas de pessoas de 18 países nos cinco continentes, totalizando 90 mil pessoas, avaliando seus históricos de depressão. O estudo estima que a proporção de pessoas que já tiveram um episódio de depressão clínica na vida é de 15% nos países em que as pessoas tem alta renda e 11% em países de baixa renda. Enquanto a França (21%) e Estados Unidos (19%) tiveram as taxas mais elevadas, a China (6,5%) e o México (8%) apresentaram os índices mais baixos. Não está claro o motivo das discrepâncias, mas deve-se levar em consideração o fato de que a riqueza e a felicidade são conceitos relativos. Na maior parte dos países ricos, parece que aonde quer que você vá, sempre existem pessoas que são melhores do que você. Ter uma renda elevada não significa, necessariamente, viver em um ambiente sem pressão ou estresse. Além disso, os países mais ricos também tendem a ter grandes níveis de desigualdade de renda, o que tem sido associado a maiores taxas de depressão, entre outras doenças crônicas. Comparar taxas de depressão entre diferentes países é uma tarefa difícil, porque os participantes das pesquisas podem ser influenciados por normas culturais, já que nem todos os países aceitam problemas mentais e depressão como doenças que devem ser tratadas. A depressão é um tabu na sociedade japonesa, por exemplo, que tem uma das maiores taxas de suicídio (embora as taxas de depressão no país tenham sido de três a quatro vezes inferiores às dos EUA). As diferentes faixas etárias também interferem nos índices de depressão, dependendo do nível de riqueza do país. Os adultos mais velhos em países de alta renda, por exemplo, geralmente tem menores índices de depressão do que os jovens. Essa tendência é revertida nos países mais pobres, onde a vida de um idoso pode envolver maiores problemas e falta de assistência. As descobertas do estudo da OMS podem ajudar os países a identificar as faixas de maior risco do desenvolvimento de depressão na população, sejam os idosos na Ucrânia ou as jovens mulheres divorciadas no Japão. Com isso, o tratamento da doença poderá ser facilitado. FONTE: http://edition.CNN.com/2011/HEALTH/07/26/affluent.depression.prone/index.html?eref=rss_health&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+rss%2Fcnn_health+%28RSS%3A+Health%29 TESTE DE DEPRESSÃO: O resultado deste teste rápido poderá ajudá-lo a determinar se você necessita procurar um profissional de saúde mental para diagnóstico e tratamento para depressão e poderá ajudá-lo a monitorar a sua depressão regularmente. Responda as perguntas do que esteve sentindo DURANTE A ÚLTIMA SEMANA com honestidade para um melhor resultado. OBSERVAÇÃO: O maior número de respostas "BASTANTE" ou MUITÍSSIMO" indica um quadro depressivo, no qual recomenda-se recorrer ajuda de um especialista. 1. Faço as coisas com lentidão: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 2. Meu futuro parece sem esperança: A)De modo nenhum; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 3. É difícil me concentrar na leitura: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 4. Não tenho mais prazer e alegria na minha vida: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 5. Tenho dificuldade em tomar decisões: A)De modo nenhum; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 6. Perdi interesse sobre aspectos da minha vida que costumavam ser importantes para mim: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 7. Me sinto triste, para baixo e infeliz: A)De modo nenhum; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 8. Sou agitado e não paro de me mover: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 9. Sinto fadiga, cansaço, fraqueza: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 10. É necessário um grande esforço para eu fazer coisas simples: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo; 11. Eu sinto que sou uma pessoa culpada que merece ser punida: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 12. Sinto que sou um fracasso: A)De modo nenhum; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 13. Me sinto sem vida – mais morto do que vivo: A)De modo nenhum B)Só um pouquinho C)Um pouco D)Moderadamente E)Bastante F)Muitíssimo 14. Meu sono não tem sido normal: durmo pouco, durmo demais ou de maneira irregular: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 15. Passo tempo pensando COMO eu poderia me matar: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 16. Me sinto preso ou capturado: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 17. Me sinto deprimido mesmo quando coisas boas acontecem comigo: A)Não é verdade; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo. 18. Sem fazer dieta eu ganhei ou perdi peso: A)De modo nenhum; B)Só um pouquinho; C)Um pouco; D)Moderadamente; E)Bastante; F)Muitíssimo.

CONHEÇA OS PAÍSES COM MAIS MORTES DE TRÂNSITO NO MUNDO

Sabe aquela história de que o perigo está bem debaixo do nosso nariz, mas nem sempre a gente consegue ver? Bom, essa seria mais ou menos a moral da história desse artigo. Só que, nesse caso, o perigo costuma ficar guardado na garagem. Sim, estamos falando do seu carro. A taxa de vítimas causadas por acidentes de trânsito varia muito de um país para o outro. Mas, de acordo com um relatório divulgado pelo Transportation Research Institute, da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, a média mundial é de 18 mortes por acidente de carro a cada 100 mil pessoas por ano. Confira a lista com os países com mais mortes causadas por acidentes de carro: 1°)Namíbia (45); 2°)Tailândia (44); 3°)Irã (38); 4°)Sudão (36); 5°)Suazilândia (36); 6°)Venezuela (35); 7°)Congo (34); 8°)Malawi (32); 9°)República Dominicana (32); 10°)Iraque (32); 11°)República Centro-Africana (32); 12°)Mongólia (31); 13°)Belize (31); 14°)Djibouti (30); 15°)Lesoto (30); 16°)Moçambique (30); 17°)Malásia (30); 18°)El Salvador (29); 19°)Iêmen (28); 20°)Etiópia (28); 21°)Guiné Equatorial (28); 22°)Zâmbia (28); 23°)Guiana (27); 24°)Jordânia (27); 25°)Angola (27). No fim da lista, entre os países com menos acidentes, aparecem Suécia (5), Guatemala (5), Suíça (5), Holanda (4), Antígua e Barbuda (4), Tonga (4), Israel (4), Ilhas Marshall (4), Fiji (4), Malta (3), Tadjiquistão (3) e Maldivas (2). O Brasil aparece na 42ª posição, com 22 mortes a cada 100 mil habitantes por ano – o que é acima da média mundial. Como ninguém está a prestes a desistir de carros e outros veículos para se transportar de um lugar ao outro, os cientistas estão apostando em tecnologias que possam tornar nossas estradas mais seguras. Já foram testados ou estudados um carro à prova de acidentes, um carro inteligente que pode salvar a sua vida e até um carro sem motorista, do Google, que aparentemente dirige melhor que você e causa muito menos acidentes. FONTES: Universidade de Michigan http://deepblue.lib.umich.edu/bitstream/handle/2027.42/102731/102989.pdf/ LiveScience.com/43462-countries-crash-death-rates.html

A TV ESTÁ TE MATANDO?

Se existe algum vilão ainda mais criticado do que o açúcar na era moderna, esse vilão é a TV. Acusada de tudo pelos cientistas – de fazer as crianças perderem o sono e irem pior na escola, de tornar as crianças mais fracas, de estar ligada a agressividade infantil, de aumentar o risco de doenças cardiovasculares, de fazer mal principalmente a crianças com menos de dois anos etc -, um novo estudo agora se junta ao coro já existente de pesquisas que dizem que a TV pode te matar, e sugere que ficar em frente a uma telinha por mais de três horas ao dia pode encurtar sua vida. O novo estudo contou com mais de 13.000 adultos aparentemente saudáveis na Espanha. Os que passaram mais de três horas por dia assistindo à televisão tinham o dobro do risco de morte precoce em comparação com aqueles que assistiram a menos de uma hora de TV por dia. Os participantes do estudo eram altamente educados, magros e ativos. A média de idade foi de 37 anos. Participantes com diabetes, doenças cardíacas ou câncer foram excluídos da pesquisa. Ao longo de aproximadamente oito anos, houve 97 mortes – 19 por doenças cardíacas, 46 por câncer e 32 devido a outras causas, como acidentes e doença renal ou hepática. Os pesquisadores então compararam o risco de morte com o tempo gasto em atividades sedentárias, como assistir TV, trabalhar em um computador e dirigir. Não foi encontrada nenhuma relação entre morte prematura e dirigir ou trabalhar em um computador, mas os riscos associados com assistir TV foram impressionantes. Para cada duas horas adicionais que uma pessoa gastou assistindo TV, o risco de morte por doenças do coração deu um salto de 44%, o risco de morte por câncer subiu 21% e o risco de morte prematura subiu 55% para todas as outras causas, em comparação com pessoas que disseram assistir menos de uma hora de TV por dia. CAUSA OU LIGAÇÃO? A TV não é exatamente uma assassina profissional que anda por aí com uma metralhadora atirando nas pessoas. Então como explicar esses resultados? Os cientistas se perguntaram se pessoas já gravemente doentes assistiam mais TV porque não eram fisicamente capazes de fazer outra coisa. Eles excluíram as 35 mortes que aconteceram nos três primeiros anos do estudo, na esperança de tirar essas pessoas da pesquisa – e os resultados só ficaram mais fortes. Então eles pensaram na possibilidade de que as pessoas tendem a consumir mais alimentos processados e bebidas açucaradas quando assistem TV, de modo que ajustaram os resultados para controlar os efeitos de lanches e bebidas açucaradas na saúde. Mais uma vez, os resultados só ficaram mais fortes. Eles continuaram a tentar eliminar coisas que podiam explicar as estatísticas, tais como tabagismo, idade, sexo, peso e se as pessoas seguiam ou não uma dieta mediterrânea (considerada uma das mais saudáveis pelos especialistas). Nada parecia afetar os resultados. Mas isso não significa nem prova que assistir muita TV leva a uma morte precoce; apenas demonstra que existe uma ligação entre as duas coisas. De acordo com o Dr. Lennert Veerman, pesquisador em saúde pública da Universidade de Queensland, na Austrália, a ligação entre a visualização de TV e morte precoce é, provavelmente, indireta. Quanto mais tempo as pessoas gastam assistindo TV, menos tempo têm para coisas que são conhecidas por prolongar a vida, como ver os amigos ou fazer exercício. Além disso, ele afirma que o estudo não incluiu alguns fatores potencialmente importantes, como saúde mental, desemprego e consumo de álcool. “Eu, pessoalmente, ainda acho que é mais provável que assistir TV seja um indicador de risco do que uma causa de morte”, disse Veerman. No entanto, se existe um acordo entre os todos os cientistas, é de que a melhor coisa que as pessoas podem fazer é minimizar seu tempo na frente telinha. FONTE: webmd.com/news/20140625/is-all-that-tv-killing-you

QUE ANIMAIS VIVEM NO DESERTO?

Bicho é o que não falta nos desertos do planeta. Na região central do deserto do Saara, o maior do mundo, já foram descritas 70 espécies de mamíferos, 90 de pássaros residentes (excluindo os migratórios) e por volta de 100 de répteis, entre outros animais. Essa bicharada enfrenta, além da falta de água e do clima extremamente seco, grandes oscilações de temperatura ao longo do dia. Pela manhã e à tarde, faz um calor de rachar – mais de 50 graus nos meses mais quentes -, enquanto à noite o frio é tão intenso que a temperatura pode cair abaixo de zero. Esse rigor climático obriga os animais a adotar curiosas estratégias de sobrevivência. Muitos deles, como cobras, raposas e roedores, só deixam sua casa à noite, quando o calor dá um tempo. Outros apelam: certas espécies de urubus nos desertos do sul dos Estados Unidos urinam nas próprias pernas para se refrescar. LEI SECA Narinas, olhos e até orelhas dos animais do deserto são adaptados para sobreviver ao clima inóspito. DROMEDÁRIO
NOME CIENTÍFICO – Camelus dromedarius. TAMANHO – 2 m e 690 kg. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Este parente do camelo fica até 17 dias sem beber e comer, mas, quando acha uma fonte de água, engole 100 litros em 10 minutos! Uma fileira extra de cílios protege os olhos e a musculatura das narinas permite que ele barre a entrada de areia. A corcova e as patas são adaptadas ao deserto, veja abaixo:
ADAX
NOME CIENTÍFICO – Addax nasomaculatus. TAMANHO – 1,7 m e 92 kg. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Este grande antílope, maior animal nativo do Saara, pode passar meses na seca. Herbívoro, ele come gramíneas, de onde retira a água de que necessita. Vive em bandos de 5 a 20 animais e tem hábitos noturnos ou crepusculares. De dia, protege-se do calor descansando em covas escavadas na areia. VÍBORA CHIFRUDA
NOME CIENTÍFICO – Cerastes cerastes. TAMANHO – 30 a 60 cm. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Quando a cobra se enterra, apenas os dois chifres ficam à mostra. Bichos incautos pensam que os chifres são comida e se aproximam, tornando-se presas fáceis para o bote. A chifruda também é uma das serpentes mais flexíveis do planeta e adota uma forma peculiar de locomoção, que mostramos abaixo: ASSISTA O VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=KJ-k4W3PPqk JERBOA
NOME CIENTÍFICO – Jaculus orientalis. TAMANHO – 16 cm e 140 g. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Seus rins produzem xixi altamente concentrado, minimizando a perda de água. Para não torrar, ele vive em tocas cavadas em até 1,5 metro de profundidade, onde o solo úmido deixa a temperatura mais fresca. Ele faz ainda tocas provisórias para escapar de seus predadores, como o feneco. CROCODILO-DO-NILO
NOME CIENTÍFICO – Crocodylus niloticus. TAMANHO – 5 m e 500 kg. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Os crocodilos originais dessa espécie vivem em rios, mas já foram encontrados em lagoas e pântanos no deserto. Quando a água evapora, eles cavam buracos na areia e “hibernam”: ficam quietinhos e sem comer. Como vivem no limite, são menores que os parentes: têm só 1,5 metro em média. LAGARTO DO DESERTO
NOME CIENTÍFICO – Varanus griseus. TAMANHO – 80 cm e 180 g. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – A posição de suas narinas, próximas aos olhos, permite que o lagarto fique enterrado se escondendo do sol. Entre novembro e março, ele hiberna.Quando ativo, corre a cerca de 30 km/h, habilidade essencial na hora da caça. Suas vítimas preferidas são pequenos mamíferos, pássaros, escorpiões e cobras. ESCORPIÃO DO DESERTO ISRAELENSE
NOME CIENTÍFICO – Leiurus quinquestriatus. TAMANHO – 9 a 11 cm e 30 g. ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – O escorpião só sai de seu abrigo (ocos debaixo de pedras ou buracos) à noite e absorve água da carne de vermes, grilos e outros insetos. Suas fezes são extremamente secas, pois o bicho tem um índice de perda de água de apenas 0,01% do seu peso por hora, o mais baixo entre todos os animais do deserto. FENECO
NOME CIENTÍFICO – Vulpes zerda TAMANHO – 30 cm e 1,5 kg ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA – Menor membro da família dos canídeos, o feneco praticamente não precisa beber água, pois a extrai de suas presas ou da vegetação. As orelhas grandes (1/4 de seu tamanho) ajudam a dissipar o calor e ajudam a achar suas presas (jerboa, insetos e pássaros) escondidas sob a areia. FONTE:Mundo Estranho