Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Os efeitos que a falta de gravidade provoca no corpo humano


Quem nunca sonhou em ser astronauta para um dia poder fazer uma viagem espacial? Até hoje, as imagens do homem chegando à Lua encantam inúmeras pessoas, principalmente as crianças. Mas a vida de um astronauta não é fácil. Já imaginou ficar vários dias flutuando no espaço sem sofrer a ação da força da gravidade? Embora possa parecer divertido, a ausência dessa força invisível que nos prende ao solo provoca várias transformações no organismo. Mesmo assim, os seres humanos apresentam grande capacidade de adaptação no espaço.
A sensação de ter o corpo empurrado de um lado para outro dentro de uma espaçonave - dando a impressão de que a nave está se deslocando e os astronautas estão parados - é o primeiro efeito sentido por eles, quando chegam em um ambiente sem gravidade. Mas por que isso acontece? Na verdade, quando estamos submetidos à gravidade o tempo todo - como na Terra -, nem percebemos a ação dessa força, pois a sensação de estarmos presos ao solo passa a ser automática. O corpo só sente essa força quando ela aumenta ou diminui. Mas esse não é o único efeito. Alguns astronautas relatam que sentem inchaço nas veias do pescoço poucos minutos após saírem da atmosfera da Terra. Alguns sentidos - como o paladar e o olfato - também são alterados: os astronautas só conseguem sentir o sabor das comidas muito temperadas. Outras partes do corpo ainda são afetadas, como o pulmão. Na superfície terrestre, os níveis de oxigênio e de sangue nesse órgão são constantes; já no espaço sideral, esses níveis se alteram. Nas viagens mais longas, os astronautas têm ainda que enfrentar problemas psicológicos. Isso porque eles ficam confinados em um espaço limitado, isolados da vida normal da Terra e convivem com um grupo pequeno de companheiros, freqüentemente de outras nacionalidades. Essas mudanças podem provocar ansiedade, insônia, depressão, além de criar situações de tensão na equipe. Quando os astronautas retornam à Terra, novas mudanças ocorrem em seus corpos. Embora os efeitos da falta de gravidade sejam completamente reversíveis, o corpo tende a voltar ao normal só uma ou duas semanas depois do retorno. Muitos astronautas ficam desorientados e não conseguem manter o equilíbrio do corpo, além de apresentarem um enfraquecimento dos ossos, que podem se quebrar mais facilmente. Vários médicos pesquisam os efeitos da ausência de gravidade no corpo humano, para melhorar os cuidados com a saúde não só daqueles que viajam pelo espaço, mas também dos que ficam na Terra. Isso porque os efeitos de uma viagem espacial são semelhantes a algumas das conseqüências do envelhecimento do organismo. Como você pode perceber, a vida de um astronauta é mais difícil do que parece à primeira vista!

Nenhum comentário: