Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

OS DANOS QUE AS ESBÓRNIAS,MESMO QUE SÓ DE VEZ EM QUANDO PODEM TRAZER A SEU CORPO

Você sai e, para deixar a noite mais animada, acende um baseado. Enche o copo várias vezes. Ou cheira uma carreira. Você já sabe que essas substâncias causam problemas à saúde, mas diz que não está viciado. Provavelmente está certo. “Há muitas pessoas que se encaixam nesse perfil de usuário recreativo”, explica Ana Cristina, psicóloga e especialista em dependência química da Clínica Maia, em São Paulo. Será que não faz mal? “Não importa se você usa uma vez por mês. Se não conseguir ficar sem por essa única vez, o melhor é buscar ajuda”, alerta Ana Cristina. Como saber se você está em apuros? “Se há queda de rendimento no trabalho, ou discussões com a parceira por conta disso, está na hora de avaliar”, explica Analice Gigliotti, psiquiatra da Associação Brasileira de Estudos do Álcool (Abead), no Rio de Janeiro. Aqui, mostramos como duas das drogas mais comuns e o álcool podem prejudicar sua vida e carcaça. E ajudamos a zerar os danos. ÁLCOOL Claro que passar da conta com os amigos de vez em quando é normal, mas se você vive de ressaca seu corpo está precisando de atençãoAs ressacas são enganosas. Elas fazem você pensar que o castigo terminou 24 horas (tudo bem, 48 horas) depois de pararmos de encher a cara. Mas o dano real é maior. “Quanto mais você bebe, mais sua pressão sanguínea sobe”, diz Paul Wallace, médico da instituição de combate ao alcoolismo Drinkaware (EUA). “Isso aumenta o risco de ataque cardíaco.” E o ganho de peso, como resultado do excesso de álcool por tempo prolongado (sim, álcool tem carboidrato e muitas calorias), aumenta seu risco de desenvolver cardiomiopatia – doença em que o coração fica tão fraco que tem dificuldade para bombear o sangue pelo seu corpo. Seu fígado também leva a pior: o excesso de álcool leva a um acúmulo de gordura no órgão e eleva o risco de doença hepática. Mais: “Quem bebe demais faz com que o cérebro envelheça de 5 a 10 anos prematuramente”, diz Jonathan Chick, neurologista do Hospital Spire Murrayfield (Escócia). O QUE O DETOX FAZ POR VOCÊ Bom sonhos Reduzir a quantidade de bebida melhora a respiração durante o sono, dando-lhe um descanso de qualidade, segundo a Universidade de Michigan (EUA). Mais libido A bebedeira reduz sua testosterona. Controle a birita e seu apetite sexual vai disparar, segundo o periódico Alcohol and Alcoholism (EUA). 5 SINAIS DE QUE A DIVERSÃO VIROU UM PROBLEMA: ► Você é o último a sair de uma festa. Ou o primeiro a sugerir que ela continue no bar mais próximo. ► Seu peso aumentou constantemente nos últimos anos. ► Você percebe que fica sem fôlego durante exercícios leves. ► Já perdeu compromissos ou prejudicou o trabalho por conta de uma ressaca. ► Você não se diverte em festas que não têm álcool. QUEIME A GORDURA DA BARRIGA Ao trocar as bebedeiras por um consumo comedido e regular (digamos, uma dose por dia até três vezes por semana), você pode reduzir significativamente a porcentagem de gordura corporal, segundo o American Journal of Epidemiology. DICAS 43 g de macadâmia Ajudam a remover o excesso de álcool do sangue, segundo o Journal of Nutrition (EUA). Couve-flor Esse vegetal aumenta o nível de compostos protetores do fígado, acelerando a recuperação da ressaca, segundo a Universidade de Surrey (Inglaterra) MACONHA Ela relaxa na hora. Mas, em longo prazo e em excesso, pode virar uma preocupação a mais se afetar suas atividades do cotidiano Fique esperto se o desempenho no trabalho começar a ficar em um ritmo mais lento: fumar baseado com frequência pode prejudicar a memória. Uma pesquisa da Universidade de Bristol (Inglaterra) também afirmou que a ocorrência de doenças psicóticas diminui em até 14% em quem para de fumar a droga. Mais: segundo a Fundação Britânica do Pulmão (Inglaterra), fumar de três a quatro baseados por dia aumenta o risco de câncer tanto quanto fumar 20 cigarros de tabaco. E não é só parar para zerar tudo isso. A Universidade Duke (EUA) afirmou que esses danos persistem após a pessoa parar de usar a droga. Os estudos estimam que resíduos de THC (princípio ativo da maconha) levam até um mês para sair do organismo. O QUE O DETOX FAZ POR VOCÊ Pulmões a salvo Estudo da Universidade da Califórnia (EUA) afirmou que quem fuma maconha tem risco de desenvolver câncer de pulmão seis vezes mais alto do que quem não fuma. Memória à toda Cientistas da Universidade de Duke (EUA) afirmam que o uso frequente da maconha antes dos 18 anos causa danos irreversíveis à inteligência, à atenção e à memória.\ 5 SINAIS DE QUE A DIVERSÃO VIROU UM PROBLEMA: ► Sua produtividade cai pela frequência de uso. ► Ou você não se concentra se não usar maconha. ► Você tem problemas de memória. ► Você passa a fumar mesmo sozinho. ► Sua parceira já reclama do hábito. QUER DIMINUIR O CONSUMO? O primeiro passo, segundo Ana Cristina, é manter-se por um período longe dos amigos com quem partilha esses momentos em que a droga é consumida. Com o tempo, o corpo vai deixar de sentir falta da sensação relax que a maconha traz. Substitua-a por outro prazer: fazer exercícios aeróbicos, por exemplo, também libera endorfina e relaxa. E, para combater os efeitos em longo prazo de perda de memória, invista em jogos de raciocínio lógico. Vale sudoku ou palavras cruzadas, que estimulam os neurônios a criar novas conexões. DICAS 19% é quanto melhora a memória com o consumo diário de um punhado de nozes por três meses, segundo a universidade de barcelona (espanha). Iogurte É fonte de cálcio. O mineral aumenta no cérebro o nível de serotonina. A substância ajuda a relaxar e a diminuir a ansiedade. COCAÍNA Parece deixar a festa mais animada. Você passar a ter “vários amigos” e esquece de dormir. Mas, mesmo que você use coca apenas ocasionalmente, a ameaça à saúde ainda é muito real Quando o pó entra na corrente sanguínea, estimula o sistema nervoso, fazendo o coração bater mais rapidamente. Ao mesmo tempo, causa a contração dos vasos sanguíneos. “É como pisar no acelerador e, ao mesmo tempo, estrangular a mangueira de combustível”, explica Adam Winstock, médico especialista em dependência química do Centro Nacional de Dependências dos Estados Unidos. Mais: pesquisa realizada na Universidade de Cambridge (Inglaterra) revelou que o cérebro dos usuários de cocaína perde massa cerebral com o dobro da velocidade que o dos não usuários, causando os problemas de memória e atenção associados à velhice. O QUE O DETOX FAZ POR VOCÊ: Dentes mais saudáveis Usuários de cocaína têm maior probabilidade de ranger os dentes e de sofrer travamento de mandíbula, segundo estudo da Universidade de Tel Aviv (Israel). Coração mais forte O risco de ataque cardíaco aumenta em 24 vezes na hora seguinte ao uso de cocaína, segundo o Instituto pela Prevenção de Doença Cardiovascular, nos Estados Unidos. Humor mais leve O uso em longo prazo de cocaína leva à redução da dopamina, substância química cerebral que melhora o humor, segundo estudo da Universidade de Michigan (EUA). 5 SINAIS DE QUE A DIVERSÃO VIROU UM PROBLEMA: Quando você cheira, ocasionalmente experimenta náusea, vômitos, vertigens ou dores de cabeça. Seu nariz fica dolorido com frequência e, às vezes, sangra. Quando sua energia cai, você prefere uma carreira, enquanto outros pedem um café espresso. Você já usou coca antes de fazer esportes. Você se afasta dos seus velhos amigos para ficar com a turma festeira. QUER DIMINUIR O CONSUMO? Ao trocar as bebedeiras por um consumo comedido e regular (digamos, uma dose por dia até três vezes por semana), você pode reduzir significativamente a porcentagem de gordura corporal, segundo o American Journal of Epidemiology. DICAS Mais rápido é o envelhecimento do cérebro de quem usa cocaína. Kiwi Comer três kiwis por dia vai baixar sua pressão sanguínea e proteger seu coração, segundo estudo publicado no Circulation Journal (EUA). FONTE: MENSHEALTH

Nenhum comentário: