Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

domingo, 14 de agosto de 2016

CONHEÇA 10 PAÍSES COM AS MAIS TERRÍVEIS PENAS DE MORTE

A pena de morte é a mais extrema conseqüência que a maioria das pessoas pode imaginar por um crime. Portanto, devia ser reservada para o mais injusto de todos os crimes, ao menos, esse é o pensamento comum. Nem todos os países são tão liberais como aqueles em que seja considerado o primeiro mundo. Alguns países consideram pequenos delitos como roubo e intoxicação pública, ofensas extremas dignas de pior punição possível. É claro, como sempre, é apenas se o indivíduo for pego. O Canadá aboliu a pena de morte em 1976, e apenas 32 estados nos Estados Unidos ainda mantêm a pena capital para casos extremos. Na Europa, Belarus e Cazaquistão são os únicos países que ainda permitem a pena de morte, embora seja raro. Algumas pessoas acreditam que a pena de morte é a única coisa que os assassinos e estupradores merecem, mas outros acreditam no perdão, e que olho por olho não resolve nada.

10° China: Fraude Fiscal

O número real de pessoas executadas na China é considerado um segredo de Estado, mas a quantidade é estimada a ser em dezenas de milhares. Um total de 55 crimes é punível pela morte na China, a incluir alguns crimes não violentos como peculato e fraude fiscal. As sentenças de morte são geralmente proferidas com um período probatório de 2 anos para que o governo possa ter certeza da culpa do prisioneiro antes de executá-lo através de pelotão de fuzilamento ou injeção letal.

9° Irã: Execução de Menores

Os crimes oficiais puníveis pela morte no Irã são roubo a mão armada, traição, assassinato, tráfico de drogas, estupro, pedofilia, sodomia, sequestro e terrorismo. O Irã assinou as Convenções sobre os Direitos da Criança com a ONU, que proíbe a execução de delinquentes menores de 18 anos, mas são ainda considerados os maiores carrascos de menores do mundo. Eles atribuíram isto para uma diferença entre um menor muçulmano e não-muçulmano. Para os casos de assassinatos, a maioria das sentenças de morte são atrasadas por até 5 anos para permitir a oportunidade para que o acusado pague diyya, que é uma reivindicação de acordo privado entre a família da vítima e o criminoso.

8° Iraque: Confissões Coagidas Levando à Execução

Enquanto Saddam Hussein e as execuções de seus associados por crimes contra humanidade possam parecer como um uso razoável da pena de morte no Iraque, são exemplos extremos. Outros crimes puníveis pela morte incluem assassinato, estupro, espionagem e sequestro. O principal método de execução no Iraque é enforcamento.

7° Iêmen: Execução sem Julgamento

Iêmen é outro lugar onde a homossexualidade é punida com morte. Mas o problema real no país não são as leis de pena de morte oficiais, mas a extrema corrupção do governo e suas forças de segurança. A força policial tem sido responsável por tratamento desumano, tortura, e até execuções não necessárias de prisioneiros. Às vezes, não há rima ou razão para a prisão de um indivíduo, e eles poderiam ficar em prisão por longos períodos de tempo sem base jurídica. E durante estes momentos a execução poderia surgir de modo inesperado e sem explicação, e não há forma de parar isso.

6° Coréia do Norte: Execução Pública

A Coréia do Norte usa a pena de morte para crimes óbvios como estupro, assassinato e traição, porém estes não são crimes que a maioria das pessoas tem que se preocupar de acidentalmente cometer. O maior uso extremo da pena de morte é em pessoas que utilizam mídia que não seja aprovada pelo governo. A maioria das execuções é realizada por pelotão de fuzilamento, e não é raro que ocorram em público.

5° Sudão: Prostituição

Outro país onde a homossexualidade, e também sodomia entre pessoas heterossexuais, é punível com morte é o Sudão. O adultério é também motivo para pena de morte, como também ser flagrado em lugar de prostituição após 3 infrações. As mulheres culpadas de adultério são enterradas até os ombros, e então apedrejadas até a morte em uma versão da pena de morte chamada de punição Hadd. A punição Hadd é usada para delitos que são considerados, segundo o Corão, a ser contra os direitos de Deus. 4° Somália: Adultério Em 2008, uma garota de apenas 13 anos de idade foi presa e acusada de adultério ao se confessar. E ela supostamente insistiu que a lei sharia fosse aplicada para seu caso, que significa que o código moral e lei religiosa de uma religião profética, Islã, era a base para ser sentenciada à morte. Ela foi enterrada até o pescoço e apedrejada até a morte em frente de 1000 pessoas. Mais tarde, a Anistia Internacional descobriu que a garota tinha implorado por misericórdia, e na verdade ela havia sido presa após ser estuprada por 3 homens. 3° Afeganistão: Apostasia A apostasia é a desfiliação formal ou abandono ou renúncia de uma religião pelo indivíduo. No Afeganistão, virar as costas para o Islã é punível com morte. Há vários versículos no Corão que condenam apostasia, fazendo disso uma lei baseada nas interpretações da religião. 2° Síria: Assassinatos de Honra Embora não seja considerada pena de morte quando homens matam suas esposas, filhas e irmãs por vergonha de suas famílias, os assassinatos de honra são uma forma de pena capital que as mulheres sírias muitas vezes enfrentam. A Guerra Civil Síria tem sido o motivo do aumento em assassinatos de honra em todo o país por causa da ocorrência comum de estupro de guerra. As vítimas de estupro muitas vezes são estigmatizadas por seus familiares e comunidades, por isso a vitima é morta por ser uma desonra na família. Alguns estimam que mais de 200 assassinatos de honra ocorram por ano na Síria. 1° Turquia: Forçado a Cometer Suicídio O suicídio forçado é usado como uma forma de assassinato de honra na Turquia. Os motivos mais comuns de um assassinato de honra são uma mulher ter um caso extraconjugal, uma jovem garota ter um relacionamento com um homem, e até uma mulher que procura um divórcio. Os jovens garotos são freqüentemente requisitados a executar assassinato de honra porque receberão uma sentença de prisão mais curta. Em outros casos, a pessoa que é considerada desonrosa é forçada a cometer suicídio, então ninguém tem que enfrentar quaisquer conseqüências legais. Fonte: http://top10mais.org/top-10-paises-com-as-mais-terriveis-penas-de-morte/#ixzz4HMMiuBpN

Nenhum comentário: