Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

domingo, 11 de setembro de 2016

CONHEÇA 6 ANIMAIS QUE ANDAM EM BANDOS TÃO GRANDES QUE CHEGAM A IMPRESSIONAR

1. Morcegos que voam aos milhares

Samal, nas Filipinas, é um paraíso para casais recém-casados, com praias, resorts e paisagens saídas diretamente de belos filmes. Só tem um probleminha: um buraco no chão que abriga milhares de morcegos frutíferos. A caverna chamada Monfort Bat Cave é a casa da maior colônia de morcegos do mundo. O pior de tudo (para quem tem medo de morcegos) é que eles não são daquele tipo pequenininhos. Pelo contrário, eles são conhecidos como megamorcegos, com até 1,7m de envergadura. Há entre 1,8 e 2,3 milhões de Rousettus amplexicaudatus vivendo na região. Outro local que conta com a presença dessa espécie de morcegos que se alimenta de frutos é o Kasanka, na Zâmbia, onde entre 10 a 15 milhões deles migram nos meses de outubro a dezembro, consumindo árvores inteiras de frutos por onde passam. Eles não contam com cavernas para dormir, então simplesmente se penduram nas árvores e arbustos ou em qualquer superfície disponível.Esta é a maior migração de mamíferos do mundo.

2. Caranguejos vermelhos

A Ilha do Natal, um dos territórios externos da Austrália, recebe dezenas de milhares de caranguejos vermelhos entre os meses de outubro a dezembro. A região tem apenas 135 km². Eles ocupam a ilha toda, inclusive as ruas e calçadas. Para evitar atropelamentos, mais de 12 km de cercas foram instaladas ao redor das estradas, além de passarelas projetadas especialmente para que eles atravessem a rua em segurança.

3. Gafanhotos que atravessam mares enquanto praticam canibalismo

Os gafanhotos da família Acridiae têm duas fases: a solitária e a de nuvem. Quando estão sozinhos são inofensivos e seus números são baixos. Mas em algumas condições climáticas específicas, em que há seca seguida de rápido crescimento da vegetação, seus cérebros liberam serotonina, o que produz uma mudança radical de comportamento. Eles se reproduzem rapidamente e vivem em enormes grupos nômades, formando nuvens que devastam qualquer vegetação verde e plantações inteiras. Eles podem impactar plantações de vários países de uma vez, já que conseguem cobrir enormes distâncias na migração. Isso tudo já sabíamos há centenas de anos, já que a praga dos gafanhotos é descrita em vários textos e imagens antigas. A grande novidade aqui é que pesquisadores observaram que enquanto voam, eles matam e comem seus próprios companheiros de viagens. É por isso que eles se movimentam com tanta agilidade: para comer vegetais, mas para também evitar ser comido. Isso também explica como eles conseguem atravessar oceanos, já que eles não têm depósito de energia grande o suficiente para tal jornada. Quando precisam parar para descansar, é só usar os corpos flutuantes daqueles que já foram mordiscados como uma pequena plataforma.

4. Flamingos que pintam lagoas de rosa

O lago Natron fica na fronteira entre Kênia e Tanzânia e é tão cáustico que queima a pele da maioria dos animais que entram em contato com suas águas. Mas os flamingos não parecem se importar com isso. Para eles, este é o paraíso da reprodução. Quando a comida começa a ficar escassa, esses pássaros migram em números de até 2,5 milhões dos lagos do leste africano.

5. Sardinhas e anchovas e seus cardumes que se movem em uníssono

Bilhões de sardinhas migram todos os anos, passando pela costa da África do Sul e criando um espetáculo embaixo d’água impressionante. Esses cardumes gigantescos se movimentam como se fossem um só corpo para escapar de predadores que encontram pelo caminho. Eles fazem isso com a ajuda de sensores de pressão especiais presentes em seus corpos, que detectam os movimentos dos vizinhos mais próximos. As anchovas também fazem isso, criando manchas no mar que lembram uma mancha de óleo evitando os predadores.

6. Gangues de morsas

Cerca de 35 mil morsas tem se reunido em ilhas do Alaska e Rússia, cobrindo como um tapete barulhento e gorducho grandes áreas de areia. Como qualquer barulho de aeronaves ou de barcos pode causar uma fuga em pânico dos animais, que acabam pisoteando seus filhotes, essas regiões são “áreas de descanso” em que é proibido sobrevoar com helicópteros ou pequenos aviões. fonte: cracked.com/article_19267_6-real-life-animal-armies-more-terrifying-than-zombies.html

Nenhum comentário: