Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

sábado, 22 de março de 2014

ALGAS PODEM TRANSFORMAR MAR BÁLTICO EM PÂNTANO

Oceanólogos russos estão preocupados, pois o mar Báltico poderá em breve se transformar num pântano podre. A causa de tais receios é o rápido crescimento de algas. De particular preocupação para os pesquisadores do Instituto de Oceanologia da Academia de Ciências da Rússia (ACR) é a “expansão” de algas azuis-verdes – cianobactérias. Elas são uma ameaça para animais marinhos e aves. As toxinas produzidas por algas azuis-verdes levam à extinção da fauna. Durante um estudo recente, um grupo de oceanologistas da ACR observou que a “invasão” de cianobactérias em algumas partes do mar Báltico já causou a morte em massa de zooplâncton e pequenos peixes. E eles são a comida da maioria dos animais aquáticos, a base da cadeia alimentar. O crescimento de algas – o “hiperflorescimento” da água – é devido ao aquecimento global e ao aumento da temperatura no mar Báltico, explicou o vice-diretor da Divisão do Atlântico do Instituto de Oceanologia. Para isso contribui também a lama – o solo fértil para plantas aquáticas. Oceanólogos propuseram várias soluções para o problema, como a construção de instalações de tratamento de água adicionais e a destruição de algas. Outra forma é a plantação de cana perto da água. Todos os anos, as algas do Báltico aumentam significativamente a área de sua distribuição. Isto é evidente, por exemplo, nas praias de Trójmiasto na Polônia e na área da Lagoa de Curlândia. Se não forem tomadas medidas urgentes, o mar Báltico pode, eventualmente, se transformar num pântano podre, advertem os cientistas. Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/

Nenhum comentário: