Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

domingo, 30 de março de 2014

CISTO NA MAMA: SABIA O QUE É

O cisto na mama é um pequeno caroço que não caracteriza o câncer de mama, nem aumenta o risco do seu aparecimento no futuro. Ele é uma alteração mamária benigna, comum na maior parte das mulheres em idade reprodutiva, e, geralmente, não apresenta sintomas, não sendo necessário nenhum tipo de tratamento específico. É normal que durante o período pré-menstrual os cistos aumentem de tamanho, bem como durante a menstruação, se tornando mais aparentes. A tendência é que eles voltem ao seu tamanho normal ao fim da menstruação. Os cistos mamários não caracterizam um câncer e não são uma situação grave, mas podem causar dor e desconforto, levando a mulher a suspeitar de algo mais grave. COMO IDENTIFICAR: O cisto na mama pode ser apalpado através do autoexame da mama e corretamente diagnosticado através do ultrassom mamário ou da mamografia. TRATAMENTO: Para tratar um cisto na mama, pode-se realizar uma punção mamária, caso a mulher relate dor e desconforto. O uso de medicamentos não tem comprovação científica e é desnecessário. CISTO NA MAMA PODE VIRAR CÂNCER? Não existe comprovação científica de que um cisto na mama possa virar um câncer. O cisto na mama, também conhecido por cisto mamário, é uma alteração benigna que aparece em quase todas as mulheres, entre os 15 e os 50 anos de idade. Ele é caracterizado pela presença de líquido em seu interior, e não representa nenhum tipo de perigo para a saúde. O cisto na mama pode aumentar durante a menstruação e diminuir ao fim da mesma, por vários meses seguidos, e é uma alteração normal. Na maioria das vezes, o cisto não dói e dificilmente é percebido pela mulher. Em geral, só se percebe um cisto na mama quando ele é muito grande e a mama fica mais inchada e mais pesada. O cisto na mama pode ainda ser diagnosticado através do ultrassom mamário ou da mamografia, e não requer tratamento específico. As mulheres que possuem um cisto muito grande que causam dor e desconforto podem beneficiar-se de uma punção para a retirada do líquido que forma o cisto, dando um fim ao problema. Não se sabe o porquê, mas mulheres que apresentam vários cistos mamários, mesmo que os retire por meio da punção, tendem a desenvolver novos cistos na mama. FONTE: TUASAUDE

Nenhum comentário: