Loading...

Total de visualizações de página

Postagens populares

sábado, 29 de março de 2014

CONHEÇA OS EFEITOS BIZARROS DA HIPOTERMIA

A hipotermia é uma condição que ocorre quando a temperatura no núcleo do corpo (ao contrário dos membros) cai para 35 graus Celsius ou menos. Quando se entra em hipotermia, começasse a ter tremores, e a maioria das pessoas tem problemas de circulação, tais como tropeços ou má coordenação. As pessoas afetadas por hipotermia também parecem atordoadas, desorientadas ou confusas, e podem arrastar a fala ou agir como se estivessem sob a influência de drogas ou álcool. Se hipotermia se tornar grave, taxas de respiração e do coração podem diminuir para níveis perigosos - as pessoas podem perder a consciência e podem, eventualmente, morrer. Mas, antes de perder a consciência, as pessoas que sofrem de hipotermia apresentam alguns comportamentos bizarros que podem, de fato, ser um último esforço para sobreviver. ESCAVAÇÃO TERMINAL: É bem sabido que os animais em hibernação de sangue quente, muitas vezes, cavam ou escavam pequenos buracos fechados para passar o inverno. Os locais apertados em torno dos seus corpos podem ajudar a minimizar a perda de calor. Os seres humanos, nos estádios finais de hipotermia grave, exibem um comportamento um tanto similar conhecido pelos pesquisadores como "escavação terminal". Num artigo de 1995 no International Journal of Legal Medicine, pesquisadores da Alemanha descreveram vítimas de hipotermia "em posição que indica um mecanismo final de proteção, ou seja, debaixo da cama, atrás de um guarda-roupa, etc". Este comportamento não é amplamente estudado ou bem compreendido, mas os pesquisadores alemães descreveram-no como "obviamente um processo autónomo do tronco cerebral, que é desencadeado no estado final de hipotermia e produz um comportamento primitivo - de proteção, como pode ser visto em animais em hibernação". DESPIR PARADOXAL: Por mais estranho que o comportamento de escavação terminal possa parecer, um ato chamado de "despir paradoxal" é ainda mais confuso. O termo descreve o comportamento verificado em muitas vítimas de extrema hipotermia de remover a maioria ou todas as suas roupas, aumentando a perda de calor. Quando tentam reaquecer o corpo de uma pessoa hipotérmica com o corpo de outra pessoa, os especialistas de primeiros socorros muitas vezes recomendam que tanto a vítima como a outra pessoa estejam nus ou pouco vestidos. Isto facilita a transferência de calor da pessoa quente para a pessoa com hipotermia. Mas essa recomendação, segundo os pesquisadores, não tem nada a ver com o despir paradoxal. Para encerrar a perda de calor nas extremidades, o corpo induz a vasoconstrição, a contração reflexa dos vasos sanguíneos. Com o tempo, no entanto, os músculos necessários para induzir a vasoconstrição tornam-se esgotados e falham, fazendo com que o sangue quente corra a partir do núcleo para as extremidades. Isso resulta numa espécie de "onda de calor" que faz com que as vítimas de hipotermia grave - que já estão confusas e desorientadas - se sintam como se estivessem a queimar-se, de modo que removem as suas roupas. O despir paradoxal geralmente ocorre imediatamente antes da escavação terminal. Os investigadores na Alemanha que investigaram vítimas de hipotermia observou no seu artigo que "a posição final em que foram encontrados os corpos só poderia ser alcançada ao andar de quatro ou, resultando em escoriações nos joelhos, cotovelos, etc". HIPOTERMIA OU CRIME? Por causa da escavação terminal e do despir paradoxal, acreditava-se que as vítimas de hipotermia eram na verdade vítimas de crimes. Alguns investigadores da polícia erroneamente acreditavam que uma pessoa que está nua e falecida é vítima de agressão sexual e assassinato, e a sua descoberta dentro de um espaço pequeno, fechado - como debaixo de móveis - parece uma tentativa de esconder o corpo. EVITAR HIPOTERMIA: A hipotermia ocorre com mais frequência entre as pessoas que abusam de drogas ou álcool, doentes crónicos, pessoas muito idosas ou muito jovens, e aqueles que sofrem de desnutrição. As melhores maneiras de evitar a hipotermia são usar vestuário adequado, como luvas, gorros, cachecóis e roupas à prova de vento. Tome precauções extras em tempo extremamente frio e/ou húmido, ventos fortes e em torno da água - a água puxa o calor para longe do corpo cerca de 25 vezes mais rápido do que o ar. O consumo de álcool pode realmente ajudar ao aparecimento da hipotermia, já que o álcool - além de incentivar o comportamento de risco e irracionais - também pode induzir a vasodilatação, a abertura dos vasos sanguíneos que resulta no arrefecimento corporal. A hipotermia é uma condição grave e deve ser tratado por um médico, logo que possível. Tratamentos de primeiros socorros incluem aquecimento da pessoa com cobertores quentes e secos; aquecimento pessoa-a-pessoa, aplicação de compressas quentes, e - se a vítima está alerta o suficiente para engolir - a administração de fluidos não-alcoólicos adoçados e quentes. FONTE:Livescience

Nenhum comentário: